sexta-feira, 18 de fevereiro de 2011

Refresh…

Ao tempo que não escrevia aqui nada de jeito..


Talvez por falta de tempo… sim o tempo tem as “costas largas” e pode muito bem levar com mais esta!

Mas foi mesmo por falta de tempo… tenho andado super atarefada… porque tenho mais um objectivo alcançado e com muito trabalho pela frente… quem me conhece BEM sabe do que falo.

Mas também.. porque ando menos inspirada… não sei as pessoas mudam, nós mudamos… a nossa essência é a mesma… mas há sempre algo em nós que muda… eu sinto isso com o passar dos anos…

Ora bem… este blog já é de 2007… e sim é o mesmo… da mesma menina, da mesma mulher… eu posso mudar… mas o blog é o mesmo… porque faz parte de mim e também é por aqui que vou notando as minhas mudanças e o quanto vou crescendo como pessoa também…

Pois é… acho que a diferença está aí… tornei-me uma mulher… com os seus sonhos de menina a se concretizarem finalmente… sem necessidade de os escrever por aqui… como um escape… realizada emocionalmente… realizada profissionalmente… o que me faz falta? Muito pouco hoje em dia… como diz a minha Mãe: “só me falta dares um neto” :)

A falta de inspiração, não se deve à falta de andar mais ou menos enamorada… muito pelo contrário, nunca estive tão bem como agora… tão segura, tão certa do que quero… tão intensamente empenhada no que tenho… e apaixonada como o primeiro dia que me apaixonei por ele… é daquelas paixões que nunca vai morrer… ficam sempre como uma vela mal apagada… porque acima de tudo, eu gosto muito de gostar dele.

Aguardem-me...

2 comentários:

Anónimo disse...

Discussão estonteneante aqui, reflexôes assim dão brilho aos que observar neste espaço !!!
Entrega muito mais de este blog, a todos os teus cybernautas.

Andrea disse...

O importante é sentires e viveres. :-)
Que sejas muito feliz, já era tempo. As ilusões são passageiras alimentam-nos o sonho.. a realidade alimenta-nos a alma e faz-nos crescer.

Beijo.

"Se amanhã eu não estiver cá..."

Um texto de uma mãe para um filho, que todas as pessoas deviam ler! Se amanhã eu não estiver cá… “Há dias em que não me é fácil saber q...