domingo, 5 de setembro de 2010

Lúcia Moniz - A vida segue lá fora



Quando tu apareceste
Eu estava esquecida
Nos perdidos e achados da vida

Mas sentia-me bem
Com a cabeça arrumada
Não sentia falta de nada
Avisei-te à partida
Que a haver algo entre nós
Era melhor ter cuidado
Queria viver o presente
Queria esquecer o passado
Portanto não me acuses da dor
Que dizes sentir agora
Deixa-me só no meu canto
A vida segue lá fora
Quando tu apareceste
Eu estava a saír
Dos perdidos e achados da dor
E sentia-me bem
Com o corpo a descansar
Dos altos e baixos do amor
Avisei-te á partida
Que um caso entre nós
Era sempre perigoso
O meu passado recente
Tinha sido doloroso
Portanto não me acuses da dor
Que dizes sentir agora
Deixa-me só no meu canto
A vida segue lá fora

Simplesmente linda...
Aguardem-me!

Sem comentários:

"Se amanhã eu não estiver cá..."

Um texto de uma mãe para um filho, que todas as pessoas deviam ler! Se amanhã eu não estiver cá… “Há dias em que não me é fácil saber q...