terça-feira, 16 de fevereiro de 2010

Sente...

Hoje, ainda hoje.. passado todo este tempo..

Me deixas assim, sem palavras…

Deixas-me sem jeito..

E deixas-me feliz…

Porque existes, fazes parte da minha vida e fazes questão de permanecer nela…

És especial… e especial a mim me fazes ser..

Porque és tu, porque sou eu… porque somos nós…

Preciso de ti, fazes-me falta todos os dias da minha vida… dos que foram, dos que ainda vêm…

Como diz a música… quero ajeitar o meu caminho, pra encostar no teu…

Amo-te meu amor.


3 comentários:

King_Of_Mysteries disse...

Adoro deixar-te sem jeito ..
Sem palavras ..

Adoro fazer-te feliz :))

Amo-te ! Beijo dos nossos :)

Isa disse...

Ó minha querida e adorada anónima (lol)
Dizes tu que eu não tenho vida real, apenas virtual..
Já pensaste bem no teu caso dramático?
Ora pensa bem querida…
Tu nem vida própria tens!!!
Vives a dos outros… pelos vistos!
E da minha tornaste-te uma fiel seguidora… gostava eu de entender porquê.. porque eu sou boa, mas nem tanto :p
Quanto às tuas inúmeras insinuações ridículas, de que sou eu própria que escrevo os meus comments anónimos… já só te falta afirmar que sou eu também que escrevo os teus… a tua loucura é tanta… que já nem me admirava que chegasses a esse ponto de senilidade…
Muito gostava eu de saber quem tu és… uma coisa eu sei… dor de cotovelo é fodida :P
É muito lindo vires me comentar, sem te identificares… dizes que eu preciso de crescer… (só fala quem tem que se lhe diga e é verdade ;) )
Por isso minha cara cresce a aparece… ;)

Ah quando eu criar um club de fãs.. não me esquecerei de ti pra seres a n.º 1 lol

(Enfim… desculpem-me os restantes… mas esta tipa, já merecia uma resposta…)

P.S.: os teus comments não os publico, porque o meu blog não é palco para palhaças (sim, porque aqui… a única que faz figura de palhaça és tu!). Um dia que te identifiques… começarei a publicá-los…

blue disse...

Isa linda,

vim deixar-te um beijo bem grande!!

Shuaccccc e até já ;)

"Se amanhã eu não estiver cá..."

Um texto de uma mãe para um filho, que todas as pessoas deviam ler! Se amanhã eu não estiver cá… “Há dias em que não me é fácil saber q...