sexta-feira, 31 de julho de 2009

2 anos..


Em dois anos acontece muita coisa.. e eu que o diga.. e este blog é a prova disso, porque muito do que vivi está aqui registado..

É uma das vantagens de se ter um blog, volta e meia lá venho eu relembrar... momentos vividos... os bons, os maus... as lições que aprendi... instantes que ficaram esquecidos, mas que não são menos importantes... circunstâncias que só a mim me dizem respeito.. mas que mesmo assim gosto de as partilhar aqui, porque me faz bem escrever e deitar cá pra fora tudo o que seja de bom e de mau... apesar de aqui ficar registada toda a minha transparência... posso me gabar de nestes dois anos isso pra mim nunca ter tido um sentido negativo na minha vida...


Dois anos..


30.000 visitas..


Um balanço bastante positivo.. na "vivência" deste blog... que ao que vou vendo por aí.. vai "sobrevivendo"...


O muito obrigado a todos que ainda vão passando por aqui :)


Aguardo-vos sempre...

segunda-feira, 20 de julho de 2009

Aprendi que..


Aprendi....que ninguém
é perfeito
enquanto não te apaixonas.


Aprendi....que a
vida é dura
mas eu sou mais que ela!!


Aprendi que...as
oportunidades nunca se perdem
aquelas que
desperdiças... alguém as aproveita


Aprendi que...quando
te importas com rancores e amarguras
a felicidade vai para outra
parte.


Aprendi que...
devemos sempre dar palavras boas...
porque amanhã nunca se sabe
as que temos que ouvir.


Aprendi que...um sorriso
é uma maneira económica de melhorar o teu aspecto.


Aprendi que... não posso
escolher
como me sinto...
mas posso sempre fazer
alguma coisa.


Aprendi que...quando
o teu filho recém-nascido
segura o teu dedo na sua mão
têm-te preso para toda a vida


Aprendi que...todos
todos querem viver no cimo da montanha...
mas toda a felicidade
está durante a subida.


Aprendi que... temos
que gozar da viagem
e não apenas
pensar na chegada.


Aprendi que...o melhor é dar conselhos só em duas
circunstancias...
quando são pedidos e
quando deles depende a vida.


Aprendi que...quanto
menos tempo se desperdiça...
mais coisas posso fazer.

...

Autor desconhecido.
Recebido por mail.

Aguardem-me..

sábado, 4 de julho de 2009

22h - 03/07/2009..


Cá atrás sozinha, sentada numa secretária.. sem estar minimamente atenta ao que o formador vai dizendo… pego numa folha de papel e numa caneta e…

Assim de uma forma disforme.. perco-me em pensamentos.. porque o meu cansaço consegue ser mais forte que eu… e o meu pensamento vagueia…

Mas penso em ti,
Penso em nós e no ser único que nos tornamos.. tudo que me rodeia me leva a ti.. me leva a algo que a ti e somente a ti me prende, porque só contigo tudo faz sentido, sem ti ando perdida …
Sem norte..
Sem luz..
Sem vontade de nada..

Estou aqui rodeada de gente, mas nada ouço..
Nada me cativa..
Nada me chama a atenção.. E vagueio a minha mente pelo que tu poderás estar a fazer, se também pensas em mim, da mesma forma, assim intensamente..
Desafogadamente, sem te conseguires concentrar em mais nada, a não ser naquele momento..
Naquele dia..
Naquela hora.. Em que te vou olhar, que o mundo vai parar.. que só vamos existir eu, tu e mais ninguém..

(..a minha mente pára.. ouço risos ao fundo, olho para a caneta e apesar de o cansaço começar a ser superior à vontade de continuar a escrever.. supero-me a mim mesma e continuo até a minha vontade de ti o permitir..)

E assim solto-me das réstias daquilo que me rodeia, porque neste momento mais nada me importa a não ser a minha inspiração.. que és tu.. sentes essa responsabilidade?
Não sintas..
Mas o culpado és tu..
Porque me fazes sonhar..
Porque me fazes sentir viva.. e com vontade de viver..
Porque me fazes sentir menina e ao mesmo tempo mulher..
Porque me fazes sentir especial..
Porque me fazes sentir única..
Porque me fazes sentir tua..
Porque me fazes sentir amada..

Sabes..
Tenho medo.. de perder tudo isto que estou a viver.. pior.. tenho medo de sofrer por não viver, por não acontecer.. por tudo isto não passar disso mesmo .. de um sonho.. !
Mas no fundo, lá no fundo assumo eu a minha responsabilidade e luto…
Luto com todas as minhas forças por nós e assumo também que quero contigo ficar para sempre..

Fecho os olhos, suspiro.. termina a aula.. e assim pouso a caneta…


Aguardem-me..

"Se amanhã eu não estiver cá..."

Um texto de uma mãe para um filho, que todas as pessoas deviam ler! Se amanhã eu não estiver cá… “Há dias em que não me é fácil saber q...