sábado, 25 de abril de 2009

Liberdade...




Aguardem-me..

2 comentários:

O Profeta disse...

Ó chamateia que fala da saudade
Ó canção que pões um brilho nos olhos
Ó mulher que tens a forma da viola
Ó que espalhas paixões aos molhos

E o cantar da meia-noite
A todos encanta e seduz
Cantar até que morra a voz
Cantar até que haja luz




Boa semana



Doce beijo

Francisco Fidalgo disse...

Desaparecida!!!

A musica é neita!