quarta-feira, 28 de janeiro de 2009

...


Sinopse de soma


"Ouve, amor. Olha as minhas palavras, e lê cada rima e cada verso que te dedico e explora cada sílaba. Que 'dom'? Que 'dádiva'? Nenhuma, meu amor, nenhuma. É pura paixão; paixão que não toca a todos, paixão que me tocou a mim.E que outro ser te as dedica? Que outro homem te as oferece de bom e apaixonado grado quanto eu? E não são meros versos, amor, não são. Juro-te sabores em cada palavra, dos que me deste a provar assim que raios de Sol se soltaram sobre ti e me fizeram sentir algo que jamais esquecerei: o amor. E por isso te denomino de "amor", meu amor; porque tu és a mesma imagem que nasce no meu pensamento assim que me falam desse sentimento.Mas cuidados, meu bem, cuidados são tão necessários neste jogo... Ignorantes os que pensam saber amar à priori! Estúpidos os que pensam que amor se rege de flores e perfumes, de prendas e passeios pela praia. Tolos os que se gabam de amar, sem ninguém terem amado ainda...A dor, esse fogo que queima. A distância, as palavras que ferem, os gestos que atraiçoam. Os gritos, as lágrimas, o desespero da Vida! As nódoas que, de negro, nos mancham a pele. Um preço tão injusto por algo tão puro, tão divino.Mas que me rasguem a pele de mentiras e farsas, Que me espanquem com palavras sujas de ódio, imundas de vingança, Que me prendam aos espinhos do venenoso ciume, Que me... amor, Que me matem! Que eu pago de peito em sangue, ausente de forças num corpo transpirado de dor, ardendo em pânico. Só para te amar mais um dia."


L. Malloy

...


Texto retirado do seguinte blog: Sinto muito...


Teve que ser.. já leram algo que vos identificasse tão bem.. em que se sentem arrepiados?

Foi isso que senti.. ao ler este belo texto.. e tinha que o colocar aqui, porque se justificava, porque te devia umas palavras assim.. sim a ti..

Sei que já passou, sei que estou desculpada.. mas devia-te isto..

Desculpa-me..


Aguardem-me..

4 comentários:

L. Malloy disse...

De forma nenhuma! Pelo contrário, até. :)
É óptimo saber que as minhas palavras tocam. Melhor ainda é saber que alguém as sente como eu. Sinto-me lisonjeado, acrescento.

Obrigado, Isa.
*

korrosiva disse...

Sem dúvida um belo texto, os parabéns ao L.Malloy

beijinhosss Isa :)

King_Of_Mysteries disse...

Como disseste e bem, estás desculpada e sabes disso.. :)

Como nem tudo o q armam ou inventam, faz os estragos pretendidos..
E também pq a inveja de muitos me passa totalmente ao lado... Estou aqui e estarei sempre contigo e para ti :)

Erros acontecem .. Mas só nos cabe a nós aprender a lidar com este tipo de situações !

Adoro-te !

Beijo !

Isa disse...

Mais palavras p quê ?

Tambem te adoro (L)