sexta-feira, 2 de janeiro de 2009


"(...)-Quero dizer, mãe, que para mim as coisas são simples: gosto ou não gosto, amo ou não amo. Se amo uma mulher, amo-a mesmo. Não tenho dúvidas, nem contradições, nem estados de espírito, nem outra vida para viver onde ela não caiba. Para mim, que pouco percebo do assunto, o amor é sobretudo a ausência de perguntas, de dúvidas, de incertezas. É paz, segurança, eternidade. O meu pai nunca teve dúvidas se a amava ou não. Amou-a sempre, à maneira dele, que era a única que sabia. Amou-a uma vez, amou-a para sempre. (...)


Rio das Flores

Miguel Sousa Tavares

Pág. 371


Aguardem-me...

13 comentários:

*Mascote* disse...

Bom Ano!!!

Bjinhus*

korrosiva disse...

O amor é assim mesmo, porque SIM e cada um à sua maneira ;))

beijinhosss

DANTE disse...

Ama-se e ponto final! :)

Jokas Isa :)

tfferreira disse...

Adoro Miguel Sousa Tavares :)

Concordo com os comentários anteriores, são mesmo essas as respostas "Porque sim!"... Eu amo porque amo, não me perguntem porquê!

Beijinhos e um ano cheio de bons sentimentos*

susana disse...

lindo.. obrigada por partilhares!Ainda não li MIguel sousa tavares. Abriste-me o apetetite!
beijinho
su

Meredith disse...

No dia que formos capazes de enunciar uma ou a razao para amarmos uma determinada pessoa, o amor já nao existe. o amor não se explica, nao tem razoes validas compreensiveis, racionais.
EXISTE, e a sua existencia simplesmente é o suficiente. :)

Desculpa a invasão. :)

Meredith disse...

No dia que formos capazes de enunciar uma ou a razao para amarmos uma determinada pessoa, o amor já nao existe. o amor não se explica, nao tem razoes validas compreensiveis, racionais.
EXISTE, e a sua existencia simplesmente é o suficiente. :)

Desculpa a invasão. :)

Meredith disse...

No dia que formos capazes de enunciar uma ou a razao para amarmos uma determinada pessoa, o amor já nao existe. o amor não se explica, nao tem razoes validas compreensiveis, racionais.
EXISTE, e a sua existencia simplesmente é o suficiente. :)

Desculpa a invasão. :)

Meredith disse...

No dia que formos capazes de enunciar uma ou a razao para amarmos uma determinada pessoa, o amor já nao existe. o amor não se explica, nao tem razoes validas compreensiveis, racionais.
EXISTE, e a sua existencia simplesmente é o suficiente. :)

Desculpa a invasão. :)

Paula'maria disse...

ADOREIIIIII :)
Estas a ler este livro?
Um beijinho *

O Profeta disse...

A humildade da água
Uma folha solta no vento
Cai sobre o mundo um manto de fino orvalho
Cada gota aprisiona um pensamento


Que o ano de 2009 seja a chegada aos teus mais
verdadeiros sonhos, que a tua alma encontre as mil cores
do feliz pensamento…


Que os nossos caminhos se juntem no espaço intermédio
entre a ternura e o tempo da viajem.



Mágico beijo

Francisco Fidalgo disse...

Que texto taaao bonito :)

Pedro Barata disse...

Está um belo texto, apesar de eu não gostar nada desse senhor!!!
Beijinhos