quinta-feira, 29 de maio de 2008

Uma carícia perdida…


Um beijo abandonado que ficou… suspenso no ar…

Um olhar perdido… olhando o infinito…

Um gesto… sem toque… indefinido…

Um afago, um carinho… adiados pelo vento…

Um mimo, uma ternura… afastados…



Aguardem-me…

sábado, 24 de maio de 2008

Um susto…


Coisa pequena, mas de facto esta vida “stressante” tem que acalmar… temos que pensar na nossa saúde sempre primeiro…

Pois é, ontem de tarde tive que ir ao hospital… comecei a sentir de manhã uma dor no peito… e ficava com falta de ar… quando vinha do trabalho para casa para almoçar, piorou bastante, tive que vir mais devagar que o costume, porque faltava-me o ar.. e foi isso que mais me assustou..

Entretanto desloquei-me ao Hospital porque de facto a dor não passava.. e devo vos dizer que apesar do mau cenário que “pintam” do atendimento dos hospitais, eu não me posso queixar muito.. pelo contrário..

Fui atendida passado meia hora, mediram-me a tensão, fizeram-me análises e um raio X.. depois fiquei à espera dos resultados.. e nada acusou, ou melhor acusou que estava muito bem de saúde lol…

O médico disse que era ansiedade e cansaço.. que eu tinha que acalmar o ritmo, receitou-me umas vitaminas e fazer desporto para relaxar…

Pois é, ando aí em mãos com trabalho final que me ocupa todo o meu tempo… mas para a semana já acalmo de facto, já está praticamente terminado... entretanto a dor não voltou!

Aguardem-me…

P.S.: Ando de bem com a vida… um beijinhos a todos vocês que aqui passam!

sábado, 17 de maio de 2008

Basta, chega… Acabou!


Eu…

…mereço mais…

Tenho esse direito…

Estou a sofrer…

Mas o tempo tudo cura!

E jamais curaria os próximos momentos que continuariam iguais, quando nem um pequeno esforço fazes para mudar ou amenizar a minha dor…

Tive a minha prova… é nestes momentos que odeio ter razão!

A vida continua… resta-me manter ocupada e o que não me falta na vida é isso!

Mas surpreendes-me… nem uma palavra, nem alento… mas antes assim!

E eu cansei de lutar por algo sem futuro…

O que mais me fere é como tudo acontece, sempre com tanta indiferença… Infelizmente, já não é o que era, dizes tu, só não entendo porque não mo dizes cara a cara, olhando-me nos olhos… enfim…



Aguardem-me…

E esta mensagem é para os meus amigos pessoais... desta vez, é de vez... podem ficar certos disso... estou a sofrer muito, mas tudo passa... e sei que muitos de vocês talvez não se acreditem, mas para estar aqui a assumir desta forma... desta é de vez mesmo... acabou!

segunda-feira, 5 de maio de 2008

Bon Jovi with LeAnn Rimes - Till We Ain't Strangers Anymore

Porque gosto tanto de ti…

Houvessem respostas para todas as questões… mas não existem!

Mais uma vez fraquejei… mais uma vez pedis-te desculpa e dizes que não me mereces!

Culpo-me apenas por gostar demais de ti…

Fosse tudo tão simples… como estas palavras que agora aqui escrevo…

Aguardo-te sempre meu estranho…

sábado, 3 de maio de 2008

É Proibido...


É proibido chorar sem aprender,
Levantar-se um dia sem saber o que fazer
Ter medo de suas lembranças.

É proibido não rir dos problemas
Não lutar pelo que se quer,
Abandonar tudo por medo,

Não transformar sonhos em realidade.
É proibido não demonstrar amor
Fazer com que alguém pague por suas dúvidas e mau humor.
É proibido deixar os amigos

Não tentar compreender o que viveram juntos
Chamá-los somente quando necessita deles.
É proibido não ser você mesmo diante das pessoas,
Fingir que elas não lhe importam,

Ser gentil só para que se lembrem de você,
Esquecer aqueles que gostam de você.
É proibido não fazer as coisas por si mesmo,
Não crer em Deus e fazer seu destino,

Ter medo da vida e de seus compromissos,
Não viver cada dia como se fosse um último suspiro.
É proibido sentir saudades de alguém sem se alegrar,

Esquecer seus olhos, seu sorriso, só porque seus caminhos se desencontraram,
Esquecer seu passado e pagá-lo com seu presente.
É proibido não tentar compreender as pessoas,
Pensar que as vidas deles valem mais que a sua,

Não saber que cada um tem seu caminho e sua sorte.
É proibido não criar sua história,
Deixar de dar graças a Deus por sua vida,

Não ter um momento para quem necessita de você,
Não compreender que o que a vida lhe dá, também lhe tira.
É proibido não buscar a felicidade,

Não viver sua vida com uma atitude positiva,
Não pensar que podemos ser melhores,
Não sentir que sem você este mundo não seria igual.

(Pablo Neruda)

...

Aguardem-me...

sexta-feira, 2 de maio de 2008

Prémio


O meu Blog: “God make me good but not yet!” foi nomeado por outro blog amigo: Murmúrios do Mar, da minha querida Constança. Assim continuamos esta "RedeTeia" cumprindo as regras. Pela blogosfera decorre uma inciativa com a finalidade de homenagear blogs de amigos que nos visitam ou que nós visitamos e que, de alguma forma, têm pontos em comum connosco. Desta forma o meu blog foi nomeado pela Constança, pessoa de uma sensibilidade evidente, que possui um espaço que é singelo e ao mesmo tempo profundo. "Murmúrios do Mar" (http://murmuriosdomar.blogspot.com/).

Como é um blog muito bom, sim senhora! De acordo com as seguintes regras:

1. Este prémio deve ser atribuído aos blogs que gostamos e visitamos regularmente, postando comentários.

2. Ao receber o selo "é um blog muito bom sim senhora"! devemos escrever um post incluindo:o nome de quem nos deu o prémio com o respectivo link de acesso+ a tag do prémio + a indicação de outros 7 blogs.

3. A tag do prémio deve ser exibida no blog.

Assim o blog, http://godmakemegoodbutnotyet.blogspot.com/ conhecido por “God make me good but not yet!”, declara que os blogs que visita e comenta, entre outros que comenta e visita lamenta não nomear são:

http://sexo-mentiras-e-eu.blogspot.com/
(Aqui há gato…)
http://nasasasdoarcanjo.blogspot.com/
(Arcanjo)
http://pequenomundodeletras.blogspot.com/
(Pequeno mundo de letras…)
http://naocompreendoasmulheres.blogspot.com/
(não compreendo as mulheres)
http://deliryusblue.blogspot.com/
(O espaço da Blue…)
http://riscosdevida-coragem.blogspot.com/
(Riscos de vida - Coragem)
http://umcafeumcigarroii.blogspot.com/
(Um café e um cigarro II)

Todos diferentes… mas todos me dizem algo… e transparecem muito bem as pessoas/autores que têm por trás de cada um… se pudesse nomeava mais…

Aguardo-vos...

quinta-feira, 1 de maio de 2008

Por vezes...


Por vezes sentimos que aquilo que fazemos não é senão uma gota de água no mar. Mas o mar seria menor se lhe faltasse uma gota.

(Madre Teresa de Calcuta)

"Se amanhã eu não estiver cá..."

Um texto de uma mãe para um filho, que todas as pessoas deviam ler! Se amanhã eu não estiver cá… “Há dias em que não me é fácil saber q...