segunda-feira, 4 de fevereiro de 2008

A palavra Amar…


Tantas vezes usada em vão.. tantas vezes vulgarizada.. que quando é usada, já não é sentida, como deve na realidade ser!

Eu sinto que sou.. e a diferença está aí, no sentir.. sem precisar de dizer.. no olhar, no toque..

Se bem que.. quando é dito, é no momento perfeito e aí sim a palavra Amar se torna especial e única…

Eu não sou de estar sempre a dizer “Amo-te” (já fui…), mas como tudo na vida e com o passar do tempo sentimos de maneira diferente… e acima de tudo valorizamos e respeitamos mais os sentimentos…

Por isso não vulgarizem nunca o que é único e especial e que acima de tudo deve ser dito com sentimento…

Aguardem-me…

5 comentários:

Intrometido disse...

De facto... não devemos vulgarizar o que não o pode... nem deve ser, com o perigo de não sermos levados a sério.Deveríamos mesmo ter um numero limite, no nosso vocabulário dessa mesma... para só a usarmos no tal momento perfeito. Amemos sim, mas... sentido! Diga-mo-lo sim, mas... contido!
Fica... que eu tambem.

Helena disse...

Infelizmente eu acho que hoje em dia se vvulgariza muito as palavras , sentimentos...

Hoje em dia muitas coisas são ditas sem serem sentidas...O que é uma pena...

Beijinho...

Constança disse...

Concordo plenamente contigo! Eu sempre tentei ser assim! O problema é quando somos magoados pq a outra pessoa não o disse sinceramente.. Mais vale sermos honestos que mentirmos e magoarmos... Para quê dizer que se ama quando amar não é um sentimento tão vulgar? Amei todos os meus namorados? Não... Serei uma excepção em admitir isto? Beijos! Bom Carnaval!

aqui-há-gato disse...

Eu até tenho uma chave e tudo:)
Mas não sei dela:)


O Gato

♥Coragem disse...

Eu digo...Tantas quanto me der vontade.
À mesma pessoa há quase 20 anos :p
vulgar? naaaaaaaa
Beijinho