quarta-feira, 31 de outubro de 2007

Aprendizagem constante...


Em Abril, Maya Angelou foi entrevistada pela Oprah no seu 70 aniversário.

Oprah perguntou-lhe o que pensava sobre o envelhecimento e, ela respondeu que era "excitante".

Relativamente às alterações corporais, disse que eram muitas e que ocorriam todos os dias...

Como os seus seios, parecia-lhe estarem numa corrida para descobrirem qual deles chegaria primeiro à cintura...

(A audiência riu tanto que até chorou.)

Ela é uma mulher tão simples, com tanta sabedoria nas palavras!

Maya Angelou disse:

"Aprendi que apesar do que quer que aconteça, e do quanto pareça mau, a vida continua e será melhor amanhã."

"Aprendi que se pode conhecer bastante bem uma pessoa a partir da forma como ele ou ela reage em três situações:

num dia de chuva, com bagagem perdida e na forma como desembaraça as luzes de Natal."

"Aprendi que independentemente da forma como te relacionas com os teus parentes, vais sentir a falta deles quando sairem da tua vida."

"Aprendi que "fazer pela vida" não é o mesmo que "fazer uma vida"."

"Aprendi que a vida às vezes dá-te uma segunda oportunidade."

"Aprendi que não deves viver a vida com uma luva de "apanhador" em cada mão, deves ter a possibilidade de poder atirar (devolver) alguma
coisa."

"Aprendi que sempre que decido alguma coisa de coração aberto, normalmente tomo a decisão acertada."

"Aprendi que, mesmo quando tenho dores, não tenho que ser uma dor."

" Aprendi que todos os dias devemos tentar tocar alguém, as pessoas adoram um abraço quente ou uma simples pancadinha nas costas"

" Aprendi que ainda tenho muito para aprender."

"Aprendi que as pessoas esquecerão o que disseste, esquecerão o que fizeste, mas nunca esquecerão o que lhes fizeste sentir."

...

Recebido por e-mail, porque a vida é feita de aprendizagens, não poderia deixar de passar aqui esta mensagem de vida!!

Aguardem-me...

Agora eu era linda outra vez


Agora eu era linda outra vez
e tu existias e merecíamos
noite inteira um tão grande
amor

agora tu eras como o tempo
despido dos dias, por fim
vulnerável e nu, e eu
era por ti adentro eternamente

lentamente
como só lentamente
se deve morrer de amor

(VALTER HUGO MÃE)

Aguardem-me...

sábado, 27 de outubro de 2007

Cumplicidade…


… é esse um dos sentimentos que me envolve quanto estou contigo, quando estamos frente a frente!

Adoro olhar-te, estar assim tempo infinito apenas a contemplar-te… sentir-te!

Sermos cúmplices… criar uma esfera à nossa volta onde jamais alguém poderá entrar… só nossa… só nós!

Onde apenas só eu e tu percebemos o sentido do que nos rodeia… e só nós o podemos compreender… porque é algo mágico… que nem qualquer alma consegue chegar a essa plenitude…

E quando surgem as palavras… completamo-nos, conseguimos terminar as frases um do outro… e sorrimos… e pensamos em sintonia… como é possível?

Mas é…

E como é maravilhoso sentir…
É deslumbrante desfrutar dessa companhia…
È esplêndido apreciar-te…
É magnifico viver o que estamos a viver…

Nota-se no olhar… e só me apetece gritá-lo bem alto o quanto é único este sentimento de cumplicidade…

Preciso de ti… precisas de mim… e ambos agimos para que este sentimento cresça dia após dia… com actos e gestos que só tu e eu conhecemos…

Aguardo-te sempre com essa expressão de felicidade!

quarta-feira, 24 de outubro de 2007

Mensagem Vida e Amor

Aguardem-me...

terça-feira, 23 de outubro de 2007

Segundo agradecimento…


Pois… já são algumas e merece um “txim txim…” lol

São 6000… fiz estas visitas entre ontem e hoje…

A todos vocês que por aqui passam o meu MUITO OBRIGADA.. sei inclusivamente que alguns de vocês passam mais que uma vez ao dia… um beijinho muito especial no vosso coração…

Aguardem-me…

segunda-feira, 22 de outubro de 2007

Donna Maria - Quase Perfeito

Sabe bem ter-te por perto
Sabe bem tudo tão certo
Sabe bem quando te espero
Sabe bem beber quem quero

Quase que não chegava
A tempo de me deliciar
Quase que não chegava
A horas de te abraçar
Quase que não recebia
A prenda prometida
Quase que não devia
Existir tal companhia

Não me lembras o céu
Nem nada que se pareça
Não me lembras a lua
Nem nada que se escureça
Se um dia me sinto nua
Tomara que a terra estremeça
Que a minha boca na tua
Eu confesso não sai da cabeça

Se um beijo é quase perfeito
Perdidos num rio sem leito
Que dirá se o tempo nos der
O tempo a que temos direito

Se um dia um anjo fizer
A seta bater-te no peito
Se um dia o diabo quiser
Faremos o crime perfeito

...

Se há músicas que nos dizem algo.. esta é sem dúvida uma delas... fantásticas as vozes, o dueto... a melodia... e letra... LINDA...

...

Aguardem-me...

Mais um…


Desafio!

Desta feita e para não variar é da Andrea, do Blog Pequeno Mundo de Letras !

Consta do seguinte… descrever cinco manias minhas que irritem alguém próximo da minha pessoa…

Eu cá vou alterar uma coisita ou outra lol… eu cá, sou uma paz de alma, lá irrito alguém lol

Mas tenho uma mania ou outra… mas tenho que numerar várias pessoas…

(a pensar lol)

1 – Irrito o meu namorado… quando começo a falar demais, assim sem parar… sem já ter conta no que digo… sou uma pessoa que divaga muito pelas conversas… quando ele começa a olhar para o ar, já sei que está na hora de me calar lol…

2 – Irrito o meu irmão… quando ele está no computador (que só por acaso é meu… logo não haveria motivos para ele se irritar… mas pronto!!!) e lhe digo, Rui… preciso de ir aí… lol

3 – Irrito a minha mãe… quando me chama mais de 3 vezes para ir para a mesa almoçar ou jantar, conforme lol… não é por mal, mas estou sempre a fazer algo de importante… ou não lol… (sorry, mumy!!!!)

4 – O meu pai irrita-se quando a minha mãe se irrita… logo está inerente lol

5 – A minha patroa irrita-se… quando faço alguma coisa mal! Pois errar e humano… e não a queiram ver irritada… acontece pouco, mas quando acontece “sai debaixo” lol

Agora é a minha vez de nomear:

- André
- Té
- Jasmim
- Helena
- Miguel

Aguardem-me…

sexta-feira, 19 de outubro de 2007

Poema de uma criança - Para pensar e divulgar


Este anúncio foi *premiado internacionalmente*, *mas não passou na nossa
televisão, em Portugal*. Porque **será?
Será porque o pai vem sempre?

Anúncio português, premiado internacionalmente mas que não passou na nossa
televisão.

SOS CRIANÇA 800 20 26 51
SOS CRIANÇA DESAPARECIDA 1410

O meu nome é "Sara"
Tenho 3 anos
Os meus olhos estão inchados,
Não consigo ver.
Eu devo ser estúpida,
Eu devo ser má,
O que mais poderia pôr o meu pai em tal estado?
Eu gostaria de ser melhor,
Gostaria de ser menos feia.
Então, talvez a minha mãe me viesse sempre dar miminhos.
Eu não posso falar,
Eu não posso fazer asneiras,
Senão fico trancada todo o dia.
Quando eu acordo estou sozinha,
A casa está escura,
Os meus pais não estão em casa.
Quando a minha mãe chega,
Eu tento ser amável,
Senão eu talvez levaria
Uma chicotada à noite.
Não faças barulho!
Acabo de ouvir um carro,
O meu pai chega do bar do Carlos.
Ouço-o dizer palavrões.
Ele chama-me.
Eu aperto-me contra o muro.
Tento-me esconder dos seus olhos demoníacos.
Tenho tanto medo agora,
Começo a chorar.
Ele encontra-me a chorar,
Ele atira-me com palavras más,
Ele diz que a culpa é minha, que ele sofra no trabalho.
Ele esbofeteia-me e bate-me,
E berra comigo ainda mais,
Eu liberto-me finalmente e corro até à porta.
Ele já a trancou.
Eu enrolo-me toda em bola,
Ele agarra em mim e lança-me contra o muro.
Eu caio no chão com os meus ossos quase partidos,
E o meu dia continua com horríveis
palavras...
"Eu lamento muito!", eu grito
Mas já é tarde de mais
O seu rosto tornou-se num ódio inimaginável.
O mal e as feridas mais e mais,
"Meu Deus por favor, tenha piedade!
Faz com que isto acabe por favor!"
E finalmente ele pára, e vai para a porta,
Enquanto eu fico deitada,
Imóvel no chão.
O meu nome é "Sara"
Tenho 3 anos,
Esta noite o meu pai *matou-me*.

Existem milhões de crianças que assim como a "Sara" são mortos. E tu podes
ajudá-los.
Fico desiludido até ao mais profundo de mim se tu leres isto e não o fizeres
passar, eu rezo por ti, porque tu deves ser uma pessoa sem coração por não
seres afectada(o) por este e-mail.
E se porque tu ficaste sensibilizada(o), faz qualquer coisa!!
Tudo o que eu te peço, é de enviar isto e de reconheceres que estas coisas
acontecem, e que pessoas como o pai da "Sara" vivem na nossa sociedade.
Faz passar este poema porque mesmo se isto parece doido pode talvez mudar
indirectamente as nossas vidas.
Hey, nunca se sabe.

Por favor faz passar isto se fores contra o abuso das crianças

email enviado por Carlos Gomes :-)

...

Não posso de todo ficar indiferente.. e se há coisas que me tocam, uma delas é sem dúvida as crianças e o seu bem estar...

Só para terem ideia, eu tenho um cahorrinho que deve ser mais bem tratado que certas crianças... resta-nos a revolta!!! Mas infelizmente vivemos numa sociedade que a burocracia se sobrepõe a tudo...

Meu querido amigo, fiz mais, estou a publicá-lo aqui... e espero que realmente toque os vossos corações... e que passem a mensagem...

...

Aguardem-me...

quarta-feira, 17 de outubro de 2007

Vontade de escrever…


Sem saber muito bem por onde começar… hoje escrevo o que me apetece… o que me vier à cabeça…

(a pensar…)

Nada me ocorre… então porquê esta vontade que me está a corroer por dentro…

Depois sinto que ando com falta de tempo para este meu cantinho… ou pelo menos com menos tempo, do que aquele que já dediquei… e desculpem-me se de algum modo vos estou a decepcionar, meus leitores!

Mas o meu tempo está a ser bem aproveitado… com muito trabalho, estudo e outras coisas que tal, que vocês se vão apercebendo por aqui :-)

Alterei por aqui umas coisas… espero que tenham gostado, o som volta e meia é alterado, conforme o que vou sentido, tudo um pouco na mesma onda…

(pausa…)

Parecem brancas… que nada me ocorre, que estranho… não sou de escrever, por escrever… mas sinto, que estupidamente, é o que estou a fazer…

E antes que saia disparate ou coisa que o valha, fico-me por aqui e na esperança de que dias melhores venham até mim… porque a vontade de escrever é muita, acreditem… mas há momentos e momentos, dias e dias, coisas e coisas… eu ando numa fase em que ando a valorizar outros momentos… e como nunca quis fazer daqui do meu cantinho como um diário dos meus sentimentos, também vos confesso que ando mais retraída quanto a isso… acho que falo de mim e do que sinto, sempre com a moderação necessária e transparência ao ponto de vocês perceberem que ando bem comigo mesma…

Aguardem-me…

terça-feira, 16 de outubro de 2007

Sade - Cherish The Day (Video)

Uma voz sensual.. uma música fabulosa...

...

Aguardem-me...

sábado, 13 de outubro de 2007

Amor


Aqueles olhos aproximam-se e passam.
Perplexos, cheios de funda luz,
doces e acerados, dominam-me.
Quem os diria tão ousados?
Tão humildes e tão imperiosos,
tão obstinados!

Como estão próximos os nossos ombros!
Defrontam-se e furtam-se,
negam toda a sua coragem.
De vez em quando,
esta minha mão,
que é uma espada e não defende nada,
move-se na órbita daqueles olhos,
fere-lhes a rota curta,
Poderosa e plácida.

Amor, tão chão de Amor,
Que sensível és...
Sensível e violento, apaixonado.
Tão carregado de desejos!
Acalmas e redobras
e de ti renasces a toda a hora.
Cordeiro que se encabrita e enfurece
e logo recai na branda impotência.

Canseira eterna!
Ou desespero, ou medo.
Fuga doida à posse, à dádiva.
Tanto bater de asas frementes,
tanto grito e pena perdida...
E as tréguas, amor cobarde?
Cada vez mais longe,
mais longe e apetecidas.
Ó amor, amor,
que faremos nós de ti e tu de nós?

(Irene Lisboa)

...

Aguardem-me...

quarta-feira, 10 de outubro de 2007

Falta de ti…


… hoje sinto!

Custa-me não te ter…
Não te ver…
Não te sentir…
Não te tocar…

Amenizamos a dor com palavras… com o sentimento à flor da pele… como é bom ouvir-te…

Imaginar-te ao meu lado…
Afigurar os teus gestos…
Conceber a tua imagem…
Devanear com as palavras trocadas…

Vem ter comigo… anda só me dar um abraço… dar-me um beijo interminável…

Um mimo sereno…
Um olhar perdido em mim…
Um toque ameno, que me tranquiliza…

Fica-te por aqui… não me deixes… aliás, nunca me deixas… estás sempre comigo e no meu pensamento…

Na minha presença…
Na minha pessoa…
Em mim… toda…

Mas, chega o momento da separação… tem que ser, pensamos para nós… no seu momento certo, irá ser ultrapassado…

Momento cruel…
Momento inesperado…
Momento dispensável…
Que irá desaparecer com o tempo…

Só para te dizer... que não apenas hoje.. mas sinto sempre falta de ti…



Aguardem-me…

segunda-feira, 8 de outubro de 2007

Uma música... um momento...

Hands On Approach
If You Give Up

If you don't wanna wait
You left me inside out
It's too hard for me
There's no easy way out

You don't know and don't ask how
That i'm gonna make it work again
You don't know and don't ask why
That i'm gonna make it once again

Refrao
If you give up now, whos gonna loose
Which one of us, is given up now of being free
And if you give up now, whos gonna loose
Which one of us, is given up now of being free

Distance from between us
That we can't shake out
It's cristal clear
But it ain't gonna last

You don't know and don't ask why
That i'm trying to make it work
I'm trying to make it work

Refrao

Just look around and see
Who you really need
Who you really want

Refrao

Just look around and see
If you give up you won't be free
You won't be free yeah yeah

Never look back (x 8)

...

Porque há músicas que nos marcam.. porque há momentos inesqueciveis e esta faz-me lembrar um deles... aqui fica..

Um sorriso para todos voces...

...

Aguardem-me...

sábado, 6 de outubro de 2007

Aniversário...

Olá a todos… antes demais quero agradecer a todos que por aqui passaram e deixaram as suas palavras no Post abaixo…

Do fundo do coração muito obrigado a todos vocês que exprimiram aqui o vosso carinho para com a minha pessoa… vocês todos enchem-me de orgulho… àqueles que aqui não se exprimiram, mas que sei que passam aqui… e me deram os parabéns pelo msn, por telemóvel… fica o meu grande agradecimento para vocês todos meus queridos amigos… sem vocês a vida não faz sentido… que estejamos aqui todos por um ano para festejar mais uma vez…

Agora e porque vocês todos de facto merecem… vou partilhar aqui com vocês momentos do meu Aniversário…



Only me... mais velha um ano lol ;-)



O bolo, da festa de casa... :)



Um momento cómico.. "ai a minha bida" rs ;-))



Um dos presentes, uma caneca com M&M's rsrs.. nham nham lol ;-))



As meninas da festa :-)



Meus colegas e amigos da Universidade, João, Sr Tenente rs e a Ticha... :)



Je t'aime... ;-)

Aguardo-vos...

quinta-feira, 4 de outubro de 2007

Mais um ano…


… de vida passado!

E como passam rápido… os meses, os dias, as horas, os minutos… passam a correr, sem darmos o tempo passar… muito devido à vida desenfreada que levamos… em que o tempo escasseia para tudo…

É tempo de fazer balanços… confesso que não sou muito disso, sou mais de momentos e de os viver intensamente e aproveitar o que a vida tem de bom para me dar… por vezes não corre como esperamos, mas a vida é assim mesmo…

Mas como me apetece escrever… e como faço anos amanhã e posso não ter muito tempo para me dedicar a escrever aqui algo… escrevo agora que sinto aquele “formigueirozinho” na ponta dos dedos…

E olhando para trás… até 05/10/2006… e correndo as páginas do livro da minha vida até hoje… noto que “escrevi” mais neste ano todo, do que em 4 anos para trás… chega a ser impressionante…

Ora bem, dei uma reviravolta na minha vida… por minha culpa, eu é que optei assim… e foi a melhor coisa que fiz até hoje… optei porque tinha mesmo que ser, um deles era estar de bem comigo mesma e os outros só a mim pertencem…

De nada estou arrependida… muito pelo contrário, só cresci como pessoa, como mulher, neste último ano… de todas as minhas vivências tiro algo positivo…

Não foram só coisas boas… nada disso, mas mesmo das menos boas, há que retirar lições de vida, para que pelo menos não se voltem a repetir… ou que a dor seja mais amena, caso se volte a cair no mesmo erro… porque afinal de contas, sou humana…

Um ano de luta, de trabalho… de desilusões, tanto para comigo, como da minha parte para com outros, pois, porque não sou perfeita… nem o anseio ser… de perdas, tristezas… mas de muitas alegrias também e de realizações a nível pessoal…

Mas… porque de facto, no fundo, eu devo ser mesmo boa menina… este ano terminou da melhor maneira possível… sou finalista da Universidade, contra todas as adversidades lá consegui, questiono-me muitas vezes como consegui ter forças, depois de um dia de trabalho intenso, para pegar em livros… chego a admirar-me a mim mesma…

Conheci uma pessoa maravilhosa com quem quero partilhar uma vida…

Mas infelizmente a vida também prega partidas… e ainda tenho o meu sentimento de perda muito à flor da pele…

E assim se passa e “escreve” mais um ano de vida… e faço 26 anos… e sinto que ainda tenho tanto para viver… tanto para aprender e conhecer… e anseio viver tudo isso com todas as forças que eu possuo…

Aguardem-me… mais velha um ano!! ;-)

terça-feira, 2 de outubro de 2007

Os versos que te fiz


Deixa dizer-te os lindos versos raros
Que a minha boca tem pra te dizer!
São talhados em mármore de Paros
Cinzelados por mim pra te oferecer.

Têm dolência de veludos caros,
São como sedas pálidas a arder...
Deixa dizer-te os lindos versos raros
Que foram feitos pra te endoidecer!

Mas, meu Amor, eu não tos digo ainda...
Que a boca da mulher é sempre linda
Se dentro guarda um verso que não diz!

Amo-te tanto! E nunca te beijei...
E nesse beijo, Amor, que eu te não dei
Guardo os versos mais lindos que te fiz!

(Florbela Espanca)

...

Eu espero ter tempo de dar... tudo o que sinto que tenho para dar... apesar de achar que todo o tempo do mundo será pouco, para tudo que tenho para te dizer...

Aguardo-te sempre...

segunda-feira, 1 de outubro de 2007

Wonderful Tonight, Ivan Lins e Michael Buble...

Simplesmente fabulosa...

Sintam...

Aguardem-me...