sexta-feira, 28 de setembro de 2007

Sting - Englishman in New York

Porque me apetece..
Porque é um Senhor da música..
Aqui vos deixo esta sonoridade... com votos de um excelente fim de semana...

Aguardem-me...

quinta-feira, 27 de setembro de 2007

Toque de pele…


… esse o teu que me envolve…

Que pele é essa… que toque é esse… que magia é esta que me leva ao céu…

Toque suave… dessa pele tão bem contornada, nesse corpo perfeito… onde mergulho com as minhas emoções à flor da pele… porque és assim tão perfeito, tão completo e me completas a mim… como já alguma vez alguém o fez..

Momentos plenos, estes os nossos… um dar de mãos… um arrepio na pele… encantas-me, fascinas-me com a tua maneira de ser tão singela, tão única…



Enquanto me tocas, enquanto te toco… trocamos palavras, umas com sentido… outras sem sentido algum… e rimo-nos, sorrimos… cruzamos olhares e as palavras passam para segundo plano…

Toco-te suavemente e não me canso… nunca me senti tão perto do céu, como agora… e deixo-me extasiar por este sentimento que me arrebata e que me faz sentir o que nunca senti…

E deixo-me ir… e vou até ao infinito… e de lá não tenho vontade de sair… e só o farei se de lá me expulsares, mas sinto que essa não é a tua vontade…



Eleva-me até onde nunca fui… e consegues e sabes disso… e é isso que faz de ti tão especial… compreendes-me, a mim, que sou uma eterna incompreendida… ou sempre achei que fosse… até te encontrar…

Aguardo-o… ao toque…

quarta-feira, 26 de setembro de 2007

Fofura...



Apenas porque amei a imagem...

e senti necessidade de a partilhar com vocês... digam lá que não é qualquer coisa de fofo?

Aguardem-me...

Serão numa noite de Setembro…



Sorrio-te…

Sorris de volta para mim com todo o teu esplendor… como é lindo esse sorriso, como é sincero… como te quero bem…

Dizes-me tanto com esse sorriso… e sem uma palavra me dirigires… só de sentir o teu sorriso sei tudo o que sentes e o que queres transmitir…

Afagas-me o cabelo… olhamos o horizonte em conjunto… corre uma brisa fresca… que tranquilidade insanável que está… mas sinto-a como só nossa e que mais ninguém a consegue alcançar… e neste momento sou mesmo egoísta ao ponto de não a querer partilhar com mais ninguém a não ser apenas contigo… e acredito que nunca serei responsabilizada por tal… porque é um querer tão único e tão nosso… que merecemos esta paz…



Completas-me… chegamos à conclusão de que nada procurávamos e que tudo encontramos… eu em ti e tu em mim… e a cumplicidade vem ao de cima, a empatia… sem querer achamo-nos…

Pegas-me na mão… sinto-te, fecho os olhos e só me imagino, numa realidade só minha, que serei tua para sempre… e nesse mesmo instante dizes-me: sou teu!

Que se repitam e se renovem sempre estes momentos… sem pressas, sem obrigações… apenas aquele querer que sempre nos caracteriza e que ambos ambicionamos e ao sermos assim, entregamo-nos um ao outro inconscientemente e sempre com vontade de mais…



Aguardo-te… mais que ontem, menos que amanhã…

sábado, 22 de setembro de 2007

Wise Up - Aimee Mann

Aguardo-vos...

De volta...


… não ainda com a dor sanada, mas senti necessidade de voltar!

Gosto muito deste meu cantinho e vocês, que estão ai desse lado a ler-me e que passam aqui todos os dias “com sede” de me lerem, mereciam o meu regresso… por isso,

metade de mim… volta por mim, a outra

metade volta por vocês…

Agora apetece-me falar um pouco do momento que passei…

É “cliché”, bem sei, mas como se diz e a muito bem dizer… o ser humano nunca está a 100%... nunca senti esta máxima, tanto como a senti esta semana… porque confesso-vos, senti que estive no meu auge… mas na mesma noite tudo se desmoronou… nem gosto de me lembrar…

Imaginem um dia, em que sabem que são finalistas da Faculdade, que vão para o último ano… enfim um culminar de emoções, de um ano de luta, por vezes contra a maré, em que tem que se ir buscar forças onde elas não existem… isto tudo juntando, à relação maravilhosa que tenho… que me tem dado um equilíbrio emocional, que não sentia há muito tempo… assim como vocês sentem por aqui, que ando muito feliz…

Nesse mesmo dia à noite… eu fiz o jantar, para ele… eu cozinhei!!!! Eu lol… pois vocês não estão a entender… mas passo a explicar, eu nunca cozinhei lol… pois é lol…

Já aqui aplica-se a máxima… “O Amor faz milagres” lol

Enfim, diga-se de passagem que o serão foi maravilhosamente delicioso… e mais não digo lol

Chego a casa, feliz da vida… tipo no topo mesmo… depois de um dia destes… eu estava no céu, sentia-me única e que nada poderia abalar esta felicidade…

Pois, mas enganei-me redondamente… em segundos o meu mundo desabou… tudo deixou de ter sentido… ver o meu Pai chorar a fraquejar, fiquei sem saber o que fazer… quando me dizem: “A tua tia morreu!”… gelei, fiquei sem palavras… chorei, chorei…

A minha tia… era o suporte deles todos… eles ainda têm mãe (a minha avó)… mas nunca tiveram da minha avó o carinho que tiveram da minha tia, era a mais velha de 11 irmãos, alguns ainda foi ela que os criou… era a que fazia um esforço para os manter unidos… e foi-se, a doença levou-a em 3 meses... tudo muito rápido e repentino… mas antes assim do que ela estar a sofrer, por mais que custe, agora acredito que ela está em paz…



Deixo aqui um agradecimento a todos que aqui passaram e demonstraram o seu carinho para com a minha pessoa… a todos deixo-vos o meu sorriso…

Aguardem-me…

quinta-feira, 20 de setembro de 2007

Sentimento de perda...


... não o desejo a ninguém!


Mas é a lei da vida... :(


Adeus minha querida tia... até um dia...


Aguardo-te sempre...


...


Ausente do Blog, por uns dias

(por motivos pessoais)

segunda-feira, 17 de setembro de 2007

Virgula, que amou…


Li ontem na revista do J. N. um artigo de opinião do jornalista Joel Neto, em que falava de um Pintor que faleceu de nome Pinho Dinis e que um dos últimos desejos dele seria que de futuro quando falassem do nome dele por algum motivo, colocassem “Virgula, que amou Coimbra”… por exemplo: “Pinho Dinis, que amou Coimbra”…

Deixou-me a pensar… eu nesta fase da minha vida ainda não poderia definir nada de tão grandioso para colocar em frente do meu nome e muito sinceramente nem sei se conseguiria especificar algo… mas, verdade seja dita, tal definição vai da grande vivência que o pintor teve… vivências essas, que eu ainda não tenho e talvez por isso não me atreva a definir-me assim… mas posso numerar uns quantos…

Amo os meus Pais… os meus queridos Pais, que só me querem bem e eu o bem deles…
Amo o meu irmão… sangue do meu sangue, é ele… é um amor de facto superior, se algo de errado se passa com ele sinto o meu coração apertado e agoniado… quero sempre o melhor para ele e aconselho-o sempre da melhor maneira possível e com o passar dos anos a nossa relação tem vindo a crescer e ele tem-se tornado num miúdo cinco estrelas…
Amo a minha cidade, o berço de Portugal… adoro este recanto do nosso Portugal, para mim não há cidade melhor para se estar, para se sentir… vivo e trabalho no centro desta cidade e não me canso dela, sinto-me uma privilegiada por passar por estas ruas com tanta história todos os dias, vivo e respiro esta cidade como ninguém…

Et

Je t’aime…

Por isso da minha parte seria muito egoísmo ter de escolher algo… chego mesmo a afirmar que impossível… óbvio que são amores diferentes… mas são todas formas de amar… mas, também ainda tenho tanto para viver, para sentir… mas neste momento e porque a vida é feita de momentos, o que amo acima de tudo foi o que numerei e elevei agora e aqui…

Aguardem-me…

Sinto...


“…Eu desistiria da eternidade para tocar em ti.
Pois sei que de alguma forma tu me percebes…
Tu és o mais perto do céu que eu posso chegar
Eu não quero voltar para casa agora…
O único gosto que sinto é o deste momento
E tudo o que tenho para respirar
É o teu amor…
Porque cedo ou tarde
Isto pode acabar
Hoje a noite
Não te deixarei ir…
Eu preferia…
Sentir o cheiro dos teus cabelos,
Dar um beijo na tua boca…
Tocar uma vez na tua mão…
A passar a eternidade sem isso…”


*extraído do filme 'Cidade dos Anjos'*



Posso dizer que é um dos filmes da minha vida… de uma sensibilidade extrema… e como sinto hoje estas palavras na sua plenitude… vivo com um sorriso cada dia que passa… e quero deixar-vos a vocês ai desse lado com o mesmo sorriso… :)

Aguardo-vos…

sábado, 15 de setembro de 2007

James Morrison - Wonderful world

Deixo-vos esta música… esta sonoridade… para vos desejar um bom fim de semana…

Aguardem-me…

sexta-feira, 14 de setembro de 2007

Pensamentos... III


"Pros erros há perdão; pros fracassos, chance; pros amores impossíveis, tempo. De nada adianta cercar um coração vazio ou economizar alma. O romance cujo fim é instantâneo ou indolor não é romance. Não deixe que a saudade sufoque, que a rotina acomode, que o medo impeça de tentar. Desconfie do destino e acredite em você. Gaste mais horas realizando que sonhando, fazendo que planejando, vivendo que esperando, porque embora quem quase morre esteja vivo, quem quase vive já morreu."


(Luis Fernando Veríssimo)


Aguardem-me...

quinta-feira, 13 de setembro de 2007

Problema de Expressão (Clã)

Expressem-se sempre da melhor maneira... seja por gestos, seja por palavras... desde que o sintam e valha apena partilhar... assim como o que acabei de fazer...

Aguardem-me...

Poemas... V


"Sê"


Se não puderes ser um pinheiro, no topo de uma colina,

Sê um arbusto no vale mas sê

O melhor arbusto à margem do regato.

Sê um ramo, se não puderes ser uma árvore.

Se não puderes ser uma ramo, sê um pouco de relva

E dá alegria a algum caminho.


Se não puderes ser uma estrada,

Sê apenas uma senda,

Se não puderes ser o Sol, sê uma estrela.

Não é pelo tamanho que terás êxito ou fracasso...

Mas sê o melhor no que quer que sejas.


(Pablo Neruda)


Aguardem-me...

quarta-feira, 12 de setembro de 2007

Eu, tu...


… nós e o nosso Jardim!

Somos um… quando estamos, quando não estamos… sinto-te sempre presente, em mim, no meu pensamento…

Sinto-o, sempre e constantemente, que és a essência que me preenche, que me revitaliza…

Disseste-me no outro dia: “Estamos a obrar um Jardim… em que temos de o cuidar, plantar com as melhores sementes… e só depende de nós, não deixar invadir as ervas daninhas que o podem destruir… a essas só nos resta ceifar pela raiz… com a consciência de que estamos cientes de que sabemos muito bem o queremos… e o que queremos é o Jardim mais verdejante do mundo!”

Como foste sábio ao dizer-me tal palavras… e a verdade é que as ervas daninhas vão aparecendo… mas sem forças para contagiar o nosso belo Jardim.

O nosso Jardim… comparo-o a um Éden, um pequeno paraíso, só nosso e que ninguém será capaz de alcançar para o arruinar…

Espero que os vossos Jardins sejam assim repletos de sentimentos luminosos e de aromas e cores que vos preencha a alma…

Aguardem-me…

terça-feira, 11 de setembro de 2007

Tripla


Well...


Do que fui eu me lembrar... criar outro Blog... pois é...




de nome "Uns momentos... chamados únicos!"


E venho fazer um pouco de publicidade... está aí o link onde diz "Tripla"... pois tripla... porquê? porque somos três lol :) (não haveria de ser por sermos dois ou quatro... que tontice rs).


Mas não me vou alongar muito por aqui... espreitem lá e espero que gostem... :)


...


Aguardem-me por aqui e por lá... rs

segunda-feira, 10 de setembro de 2007

Saudade...


… ainda agora aqui me deixas-te à porta de casa, e já sinto a tua falta…

Sinto-me presa a ti e sem vontade de me soltar…

Só anseio pelo amanhã e a vontade de te voltar a olhar…



Aguarda-me…

sábado, 8 de setembro de 2007

O desafio da Andrea…


Ora bem, este foi ela que o pensou… e cá estou a ser desafiada de novo… ah, ela não pensou… surgiu-lhe assim como uma ideia do nada lol… (ups… nada não… daquela mente brilhante lol)…

Então o desafio é escolher 5 pessoas que costumam comentar muito os nossos “posts”. E escrever a importância que elas têm aqui no meu cantinho. Essas mesmo cinco pessoas terão que fazer o mesmo no seu blog.

Ora bem, uma delas é mesmo a Andrea… mas se ela já me está a desafiar, não a poderei desafiar… mas, não poderia deixar passar em branco a importância que ela teve nestas minhas andanças, e como ela diz e muito bem “Alguém que eu trouxe para este mundo e me chama de musa inspiradora…” nem eu definiria melhor… só mesmo a apelidando de madrinha de Blog… mas tenho a leve sensação que ela não gostará disso… mas logo vemos as reacções lol… quando muito diz-me com a maior lata que tem, e a assobiar, que não está para me aturar lol (sabes que gosto muito de ti não sabes?)

Outra desafiada seria a minha querida Cristiana… alguém em quem me revejo muito… e que adoro ler… mas que também já foi desafiada lol… (o leque começa a encolher… rs)

A Jasmim… que tem sido ultimamente uma leitora assídua e muito querida… que sinto enorme prazer de a sentir aí desse lado sempre… mas que também já foi desafiada…

O Miguel… tem sido um fiel leitor, obrigada sempre pelas palavras de apoio e não me alongo mais… ou estou aqui e estou a levar uma bicada da “minha madrinha” lol, não tarda nada… rs

Logo, estes que sei que são fieis leitores… estão já de parte… mas o que me vale, tenho muito por onde escolher lol…

São:

Lady Sin… a minha “piuquinina uinda”… uma menina… com uma maturidade que por vezes me surpreende a cada palavra que leio… e sei que és uma fiel leitora apesar de nem sempre comentares… gosto muito de ti nina :D

Helena… como a “nossa” Andrea prevê tão bem certas coisas rs… pois é e ainda bem que ela me deixou alguém a quem desafiar lol… e apesar de ser uma leitora recente, sei que é assídua e que acima de tudo lê tudo com sentimento… como grande mulher que transmite ser… um sorriso enorme para si :)

Only me, a “minha gémea”, como já comentou o Miguel por aqui lol… sei que és uma leitora recente… mas que te tornas-te fiel… obrigada pela sensibilidade que demonstras sempre nos teus comments… aguardo-te sempre…:)

Kakauzinha… depois isto torna-se um ciclo e através de outros, chegam outros e quando vêm por bem assim como você é um gosto de ler… por isso cá estou a desafiá-la… será um prazer sempre senti-la por cá…:)

Pedro Soares… apesar de não comentares muito, sei que estás muitas vezes desse lado… por isso fica aqui o meu agradecimento por estares por aí…
Agora… reproduzam o desafio no vosso Blog… e elejam aqueles que mais vos comentam… ou que pura e simplesmente vos são mais queridos… usando os critérios que vos forem mais apropriados…

P.S.: como está dito lá em cima… os que aqui foram elegidos terão que fazer o mesmo, nos respectivos Blogs ;-)

Aguardem-me…

sexta-feira, 7 de setembro de 2007

Reflexos...



… de mim, do que sou, do fui… do que gostaria ser…

Não, nada disso… hoje em dia, sou reflexo de ti… e tu de mim… e que sensação maravilhosa que é… sinto-te meu… mas a melhor sensação que tenho é sentir-me tua…

E a resposta é mesmo essa… tu és reflexo de mim, do que sou… e do que quero ser daqui em diante…

Enfim… reflectir-me em ti… aquela empatia, aquela cumplicidade, aquele click… houve, há, irá haver sempre…

Reflecte-te em mim… perde-te em mim, no meu ser… sê a minha sombra, a minha consciência e inconsciência…

Deslumbra-me com os teus reflexos, com os teus despudores perante mim… surpreende-me dia após dia… nem preciso de te pedir isso… consegues fazê-lo como ninguém, com pequenos gestos que só eu sinto, só eu vejo e guardo-os para mim… partilharei contigo no momento certo… propicio aos nossos reflexos…

Reflexo portentoso o teu… que me encandeia, de uma forma singela que nem te apercebes…

Que esta sintonia de reflexos se prolongue… enquanto quisermos, enquanto nos deixarmos perder… e que seja uma perdição irreflectida e eterna…



Aguardem-me…

quinta-feira, 6 de setembro de 2007

Bill Kaulitz - Wanna hold you in my arms

... Forever

Aguardem-me...

quarta-feira, 5 de setembro de 2007


terça-feira, 4 de setembro de 2007

Who's gonna drive you home

Porque acabei de ouvir...

Porque gosto... aqui vai...

Sintam...

Aguardem-me...

segunda-feira, 3 de setembro de 2007

Amiga ajuda-me…


Um apelo…

Em que me sinto de pés e mãos atadas…

Eu ajudo, claro que ajudo, mas com palavras, com gestos, com companheirismo… porque mais não te posso dar… ou porque me sinto mesmo impotente…

Até me sinto mal, estou numa das melhores fases da minha vida… e uma das minhas melhores amigas descobre que foi traída…

Este mundo de facto dá muitas voltas… por mim, ela já teria acabado com ele à muito tempo… mas como se costuma dizer “o amor é cego”, não sei se aqui será bem o caso… porque eu acho muito bem que ela sentia que a relação não teria mais força para andar…

Teve mais momentos maus do que bons… visto isto, já algum tempo que eu lhe dizia que não valia apena tentar… mas quando se gosta, quando está apaixonado, dá-se sempre mais outra oportunidade…

Ontem ela descobre que ele a traiu… o mundo dela desabou… sente-se perdida, sem saber o que fazer… e pediu-me assim ajuda…

Vou dar o que tenho e o que não tenho… vou aproveitar que estou eu numa fase boa para a fazer sorrir…

Acho que ninguém merece ser traído… e é tão simples… o que custa chegar perto do teu companheiro e dizer: olha conheci outra pessoa, não dá mais… pode-nos custar, vamos sofrer porque perdemos alguém que amamos… mas não somos traídas… acho que deve ser uma das piores sensações que pode haver…

Aguarda-me minha querida…

domingo, 2 de setembro de 2007

Hoje...


Hoje, eu vou apenas sorrir, quando vir o teu rosto! ... E vou rir mesmo que esteja a sentir vontade de chorar.

Hoje, eu vou apenas deixar que tu escolhas onde ir... E sorrir ... E dizer que te adoro.

Hoje, eu vou apenas deixar tudo de lado, e vou ficar contigo todo o dia.

Hoje, eu vou apenas desligar o telefone, manter o computador apagado e sentar-me contigo a recordar tudo o que aconteceu.

Hoje, eu não vou gritar nem uma vez, nem mesmo resmungar, nem discutir, mesmo que tiver razões para isso.

Hoje, eu não me vou preocupar com o que pode acontecer amanha.

Hoje eu vou apenas deixar passar o tempo sem que me preocupe com o que tenho de fazer.

Hoje, vamos estar juntos na tua casa ou na minha.. pouco importa.

Hoje, vou abraçar-te e dizer-te como eu gosto de ti.

Hoje, eu vou apenas deixar que tu faças e digas o que quiseres.

Hoje, vou deixar que tu fiques perto de mim até tarde e vamos estar juntos à noite, contando todas as estrelas.

Hoje eu vou apenas aconchegar-me ao teu lado por horas e perder a noção que alguém anda à minha procura.

Hoje, quando olhar para os teus olhos vou, simplesmente, sentir-me feliz por ter voltado a estar perto de ti, poder voltar a amar-te.
Vou apenas pensar em nós. Vou pensar que estive longe de ti por minha culpa e que me arrependo muito por o ter feito.

E quando eu te der um beijo, vou apenas esquecer o mundo e viver esse momento. E então, eu vou agradecer a quem quer que seja pelo dia de hoje ter finalmente acontecido.

(autor desconhecido)



Que fique bem claro que não é de minha autoria… mas gostei bastante do texto que li no hi5 da minha querida prima Cátia (adoro-te miúda)… e perguntei se era dela, ela disse-me que não, mas que também já não se lembrava de quem era…

Mas aqui está para todos lerem e sentirem…

Aguardem-me…

sábado, 1 de setembro de 2007

Renovada...


Quero arriscar a dizer… que foram as melhores férias da minha vida… porquê? Porque conheci alguém muito, mas muito especial… e que me faz sorrir, me faz sonhar, me faz amar…

Fui reler o meu post “Férias”, andava eu tão desanimada… quando entrei de férias… mal sabia eu o que me esperava…

E de facto não cheguei a ir de férias para lado nenhum, houve planos… houveram alguns sim, mas não se chegaram a concretizar…

Mas, não é por isso que não me sinto renovada e pronta para mais um ano de trabalho… muito pelo contrário, tenho vontade de tudo… de viver tudo que tenho para viver com uma vontade que desconhecia e uma força que se apodera de mim… tanto a nível profissional e emocional…

Agora resta-me viver tudo o que tenho para viver… dia após dia… com uma intensidade crescente…

Deixo-vos aqui um sorriso sincero de felicidade… porque sei que aqueles que gostam de mim, adoram sentir-me assim… e é para todos vocês este sorriso… sim, para ti também…

Aguardem-me…

Poemas... IV


PARA ATRAVESSAR CONTIGO O DESERTO DO MUNDO


Para atravessar contigo o deserto do mundo

Para enfrentarmos juntos o terror da morte

Para ver a verdade para perder o medo

Ao lado dos teus passos caminhei


Por ti meu reino meu segredo

Minha rápida noite meu silêncio

Minha pérola redonda e seu oriente

Meu espelho minha vida minha imagem

E abandonei os jardins do paraíso


Cá fora à luz sem véu do dia duro

Sem os espelhos vi que estava nua

E ao descampado se chamava tempo


Por isso com teus gestos me vestiste

E aprendi a viver em pleno vento


(SOPHIA DE MELLO BREYNER ANDRESEN)


...


Aguardem-me...