domingo, 5 de agosto de 2007

Tenho um blog…


Estava eu a almoçar muito calmamente… com o meus queridos pais e com o meu mano… a falarmos de trivialidades e de um possível passeio à praia…

Lembrei-me eu… e se lhes contasse que criei um blog… pensei cá pra mim, naaaaa!!!! Lol… mais conversa, puxa conversa (chegou-se à conclusão que já não se ia a praia nenhuma lol)… e de repente, levanto-me… pego numa maçã e viro-me apenas para o meu irmão e digo-lhe: sabes, criei um blog!!

Primeira reacção dele… ficou a olhar pra mim com ar muito sério, como quem… não sei do que falas lol… e eu: não sabes o que é um blog óh dha?... ele: é uma cena onde pões umas fotos tuas né??... e eu: achas?! Para fotos já existe o hi5… (perante esta conversa cibernética, os meus pais estavam impávidos e serenos, sem nada dizer… e verdade seja dita, a dar pouca importância lol)… e eu: é tipo um site que tu crias na net… e publicas textos teus… ou o que te der na real gana, claro que também se pode por fotos… mas essa não é a minha opção…

A conversa ficou-se por ali… entretanto eu vim para a sala, estava de volta do pc… e vem o meu irmão e o meu pai… e eu disse: Rui… (que é o meu mano lol), anda cá ver… tás a ver o que é??... e ele: ahhhh (lol, que emoção digam lá…. E não deu mais importância aquilo) e o meu pai: Isso é para verem o que escreves e depois se tiverem interessados contactam-te? (lol…)…

Então não haviam de me contactar lol… logo eu… que escrevo tão bem rs… ainda me convidam para escrever um livro lol… disse eu… vira-se ele: então para que serve isso?!... e eu: apenas para eu escrever o que me apetecer, entre outras coisas… e ele: mas isso pode acontecer, pode acontecer quem goste do que escrevas…

Só mesmo o meu pai para me dizer uma coisa tão querida…

Apesar de eu já saber, que já tenho alguns leitores assíduos, que gostam do que eu vou “postando” aqui e a todos vocês o meu muito obrigado… por me darem motivação para continuar…

Aguardem-me…

Sem comentários:

"Se amanhã eu não estiver cá..."

Um texto de uma mãe para um filho, que todas as pessoas deviam ler! Se amanhã eu não estiver cá… “Há dias em que não me é fácil saber q...