sexta-feira, 10 de agosto de 2007

Poemas... O segundo...


AUSÊNCIA


Num deserto sem água

Numa noite sem lua

Num país sem nome

Ou numa terra nua


Por maior que seja o desespero

Nenhuma ausência é mais funda do que a tua.


(Sophia de Mello Breyner Andresen)


Aguardem-me...

2 comentários:

ATaradaQueHáEmMim disse...

Miuda! Nao sou muito dada a ler poesias, mas gosto bastante de Sophia de Mello Breyner :-)
Parabéns pela escolha.
Besitos da Inês de Castro.

Only Me... disse...

Ines,

Eu aprendi a gostar.. e ainda bem que tb é do teu agrado..

Besos :-)

"Se amanhã eu não estiver cá..."

Um texto de uma mãe para um filho, que todas as pessoas deviam ler! Se amanhã eu não estiver cá… “Há dias em que não me é fácil saber q...