quarta-feira, 22 de agosto de 2007

Poemas... III




Chamamento


Da margem do sonho

e do outro lado do mar

alguém me estremece

sem me alcançar.



Um bafo de desejo

chega, vago, até mim.

Perfume delido

de impossivel jasmim.



É ele que me sonha?

Sou eu a sonhar?

Sabê-lo seria

desfazer, no vento,

tranças de luar.

Nuvens,

barcos,

espumas

desmancham-se na noite.



E a vida lateja, longe,

num outro lugar.



(Luísa DaCosta)




Aguardem-me...

Sem comentários:

"Se amanhã eu não estiver cá..."

Um texto de uma mãe para um filho, que todas as pessoas deviam ler! Se amanhã eu não estiver cá… “Há dias em que não me é fácil saber q...