domingo, 30 de dezembro de 2007

Alicia Keys - Where Do We Go From Here

Oh I know I'm gonna miss you either ways
It's such a lonely road

[Chorus]
Where do we go from here?
All I can do is - follow the tracks of my tears
Oh

When I cry your name
Am I crawling in bed
Oh and am I waiting only to drown in pain
Oh
Don't you do it
No, said don't you leave me this way
I don't know
If I can lift my head and face another day
Ooh it's such a lonely road

[Chorus]
Where do we go from here?
All I can do is - follow the tracks of my tears

You seem now the kind of girl who's lost and looking for direction
(Who could this be? Staring at me)
When I'm looking in the mirror trying to find a resolution
(Me too far gone, to find my way home)

[Chorus]
Where do we go from here?
All I can do is - follow the tracks of my tears

...

One music.. one moment..

Aguardem-me

sexta-feira, 28 de dezembro de 2007

Incómodo... (vale a pena ver)

Rever valores...
E começar o ano com outra mentalidade...

Desejo a todos um Ano 2008 com saúde, alegria e muito Amor...

Aguardem-me...

quinta-feira, 27 de dezembro de 2007

Em que pensas…


… o que te segue pelo pensamento, deixando-me a mim a pensar!

Serão planos, momentos, lembranças passadas, recordações fortuitas… ou em nada… pensas na vida… no que tens e no que teremos de fazer… tu, nós… Eu…

Não vale apena pensarmos muito… quero viver um dia de cada vez, como se do último se tratasse… quero-te assim em pleno, por inteiro… só para mim!

Sei que sou egoísta, e admito que sou… nesse aspecto sou e sei que por momentos és realistamente apenas meu… por outros momentos não e eu tenho que aprender que não pode ser sempre como eu quero…

E quando se quer algo em conjunto, consegue-se… e por isso me fazes sorrir sempre que acordo, sempre que te olho, sempre que te sinto completamente meu…

E assim chegamos ao ponto em que aprendemos a partilhar tudo sem medos… inclusivamente o nosso pensamento…



Aguardem-me…

quarta-feira, 26 de dezembro de 2007

Esperança…



E é assim que temos forças para continuar

E nunca parar…

Não vem e pode até nunca vir

Mas a esperança, essa jamais pode desaparecer…

Senão os teus dias perderão o sentido

Mas não permitas nunca que isso aconteça

E vive a vida de forma iluminada e sorri sempre

Para que ela te sorria de volta!

Aguardem-me...

sexta-feira, 21 de dezembro de 2007

Meu presente de Natal para todos vocês…


Algo muito meu e que pensei bastante se o deveria partilhar ou não… e resolvi que deveria… porque é um espaço pelo qual me devo orgulhar e não escondê-lo…

Contam-se pelos dedos das mãos as pessoas que sabiam que era meu… outras ficaram a ter conhecimento por um ou dois comentários que deixei nos respectivos Blog’s, mas sem imaginarem que o mesmo seria da Isa…

Se bem que isso não é relevante… eu não quero que vocês passem a lá ir por ser meu… o meu objectivo ao dá-lo a conhecer, é no sentido de lá irem e de gostarem por ir e não por ser meu…

Posso identificá-lo como um outro lado meu… não me vou alongar muito a dar pormenores sobre o dito… passem por lá, que ele por si só identifica-se muito bem e o outro meu lado também…

Espero que gostem… vai passar a estar aqui “linkado” também…

Entretanto aqui fica o link: http://oespacodaninfa.blogspot.com/

Aguardo-vos por lá…

quarta-feira, 19 de dezembro de 2007

Jon Bon Jovi - Please come home for Christmas

Com votos de um Santo e Feliz Natal para todos...

Aguardo que todos vocês tenham um Bom Natal!

quarta-feira, 12 de dezembro de 2007

Encruzilhada…


Mais um desafio desta feita do Blog da Ternura…

Consiste em elaborar um post em prosa, conto ou poesia, com os títulos das últimas dez postagens, usando, ou não, palavras, pelo meio, para que o mesmo faça sentido…

Então vai cá disto…

Estávamos no mês de Dezembro… andava em baixo… quando um amigo se aproxima de mim e me diz: tenho um Desafio para ti… (eu apenas em pensamento “Desafio… Nem ao Diabo…”)…
Vira-se ele: Quero que venhas comigo as Festas Nicolinas... Eu sentada aqui… olho para ele e digo-lhe que estou sem disposição para tal coisa… muito menos para festas… tinha descoberto que tinha sido clonada, que haviam clones do eu… Ele vira-se e diz: não fiques assim, anda vamos dar uma volta!! Entro no carro dele e começa a dar uma música que adoro Lenny Kravitz Thinking of you… e lembro-me como fui uma mulher apaixonada pela vida… Mas verdade seja dita, viva a Amizade e ao meu querido amigo que tudo fez para que voltasse a sorrir…

E pronto assim termina o meu post… que modéstia á parte não ficou nada mal lol

Agora considerem-se todos desafiados…

Aguardem-me…

Dezembro…


Pois é!! E num abrir e fechar de olhos cá estamos nós no Natal…

Estamos no mês de Dezembro, mês de frio, mês de neve, mês de gastar uns euros com os presentes de Natal… e será que foi nisso que o Natal se tornou? Numa época de consumismo…

Mas adiante… apetece-me antes falar de algo positivo… e acreditar que de facto esta época continua a ser uma época de prosperidade e felicidade, uma imagem um pouco utópica, eu sei!! Mas prefiro continuar a pensar assim…

E o meu Natal faço por que seja assim… adoro estar com a minha família, não somos muitos… somos nós os de cá de casa, que somos 4… mais os da minha Tia, outros 4… no total somos só 8 pessoas… mas podem acreditar que há muito calor humano…

O que realmente começa a fazer falta são as crianças… se bem que nós “os miúdos” e os graúdos também, esperamos pela meia noite e tudo para abrir os presentes, ninguém abre presentes antes da meia noite…

Mas as crianças dão outro sentido ao Natal… depois da meia noite costuma ir lá para a casa da minha Tia uma neta de uma vizinha dela (não vai só a neta, costuma ir a família toda lol… nós de 8, passamos para uns 14 ou mais num instantinho lol)… e nestes últimos anos é uma euforia vê-la a chegar com os presentes… ela a querer abrir os nossos presentes… o que ela gosta mesmo é de desembrulhá-los, ouvir o papel de embrulho a rasgar… e depois ri-se… enfim, é giro!!!!

Os doces… adoro tudo, perco-me nesta época… não me privo de nada…

Enfim gosto do Natal, gosto de estar com a minha família de os sentir bem…

Assim partilhei com vocês um bocadinho de mim… do que é para mim esta época…

E desejo a todos vós, sem excepção, um Santo e Feliz Natal e Um Ano Novo de 2008 cheio de coisas boas e que todos os vossos desejos se realizem…

Aguardem-me…

Desafio… Nem ao diabo


Do Blog “Não compreende as mulheres”… têm aí o link ao lado!

Vi este desafio que achei imensa piada… consiste em escrever cinco frases que nem lembrariam ao diabo… lol

1] Amanha tenho que tratar de umas beatificações

2) Hoje é dia de ir à missa

3) Só penso disparates (esta pensei eu… e depois achei que o diabo não se lembraria disso lol)

4) Amanha tenho que tomar chá com a tia

5) Não tenho capacidade para tanto (outra minha… que acho que o dito não se lembraria lol)

Agora passo este desafio a pessoas que acredito que irão ter mais capacidade que eu lol

À Andrea, ao André, e à minha querida Té…

Mas considerem-se todos desafiados desde já…

Aguardo-vos…

quinta-feira, 6 de dezembro de 2007

Clones do eu...

http://www.myheritage.com/collage


Kilie Minogue.. nada mal.. fiu fiu lol :-)

Aguardem-me...

sexta-feira, 30 de novembro de 2007

Lenny Kravitz Thinking of You

Always...

...

Votos de bom fim de semana para todos...

Aguardem-me...

Amizade



P.S.: Cliquem em cima da imagem, para lerem melhor o texto!

Aguardem-me...

quarta-feira, 28 de novembro de 2007

Desafio...


Olhos: esverdeados.. entre o castanho e o verde.. são mais os dias que têm o tom verde…

Cabelos: castanhos.. actualmente com madeixas loiras

Altura: 1,63m…

Ascendência: minhota rs

Signo:Balança

Sapatos que estou a usar: não estou a usar… estou de sapatilhas…

Fraquezas: volta e meia, um pouco insegura… mas só por momentos… depois passa

Medos: de alturas, de aranhas…

Objectivo que gostaria de alcançar: a curto prazo, terminar o meu curso… a longo prazo, continuar a ser feliz…

Frase que mais uso no MSN: “loOl”… rs

Melhor parte do corpo: hum, hum… são todas rs

Coca-Cola ou Pepsi: cola zero… rs

MacDonald's ou Bob's: Tio Mac… nhammmiiii…

Café ou Capuccino: Café…

Fumas: oui…

Palavrões:oh putain!! loOl

Perfume: actualmente Emporio Armani – White

Canta: oui… mas no privado só rs

Toma banho todos os dias: lavadinha ando sempre rs

Gostava da escola: não gosto muito… mas é daquelas coisas que tem que ser…

Acredita em si mesmo: sempre!

Tem fixação pela saúde: não.

Dá-se bem com os seus pais: muito bem!

Gosta de tempestades: não



No último mês...



Bebeu álcool? bebi

Fumou: fumei

Fez compras: fiz

Comeu um pacote inteiro de bolachas: nop… nem meio… rs

Sushi: nop…

Chorou: chorei

Fez biscoitos caseiros: nop… rs

Pintou o cabelo: nop…

Roubou: nop…

Nº de filhos: 0

Como quer morrer: sem sofrimento…

Piercings: nop…

Tatuagens: nop…

Quantas vezes o meu nome apareceu no jornal: algumas rs… a Fadista Mariza tem o nome idêntico ao meu… só por dizer que o meu se escreve Marisa… rs

Cicatrizes: algumas nos joelhos… rs coisas de miúda lol

Do que se arrepende de ter feito: já me arrependi… mas acho que tudo na vida tem um propósito… por isso há sempre que seguir em frente…

Cor favorita: azul…

Disciplina favorita na escola: fiquei a pensar… n gostava de nenhuma em especial rs

Um lugar onde nunca esteve e gostaria de estar: nunca pensei nisso…

Matutino ou Nocturno: nocturno

O que tenho nos bolsos: um lenço de papel rs

Em 10 anos imagino-me: uma mulher mais realizada…


Considerem-se todos desafiados… mas eu nomeio a Té e o André rs

Aguardem-me…

Festas Nicolinas

O nome advém do Santo Nicolau… Padroeiro dos Estudantes… São umas festas organizadas cá na cidade por uma comissão de estudantes secundários… Tem um valente historial, no qual podem ler com mais calma neste link:

http://www.nicolinas.pt/historial.htm

As festas começam amanhã com a primeira… e maior de todas… a festa do Pinheiro… que para mim não passa mais do que uma noite de bêbados e de barulho, mas pronto!!!


“(…)o “Pinheiro” segue enfeitado com lanternas e um festão com as cores escolásticas (verde e branco), pousado em carros puxados por juntas de bois, levando à sua frente uma representação da figura da deusa Minerva, deusa da sabedoria (que na realidade é desempenhada por um homem travestido com um traje de soldado romano). O cortejo é liderado pela figura máxima deste dia, um membro da Comissão de Festas, o Chefe de Bombos. É ele quem conduz e lidera todo o cortejo do “Pinheiro”, e atrás de si e da sua “boneca” – que usa para marcar o ritmo dos bombos – seguem os estudantes, novos e velhos, rufando nas caixas o toque do Pinheiro e batendo forte nos bombos ao ritmo marcado pelo Chefe de Bombos.(…)” http://www.nicolinas.pt/pinheiro.htm

Resumindo… amanhã o pessoal novo e mais antigo… juntam-se em grupos, fazem jantares… (os Restaurantes já se encontram completamente lotados!!)… comem e bebem que se fartam e depois andam toda a noite a tocar tambores e bombons atrás de um Boi… e depois enterram o Pinheiro, às tantas da manhã lol!!

Eu não gosto, nem desgosto… nunca vivi muito este tipo de festa… mas vou sempre ver o ambiente e as figuras que algumas pessoas fazem… rs

Depois a 4 de Dezembro, temos as Posses e o Magusto…
A 5 de Dezembro o Pregão…
A 6 de Dezembro as Maçãzinhas…

Deste “número” gosto bastante… talvez pelo lado romântico que reflecte rs… enfim!!!


“(…) As "Maçãzinhas" são também e por isto mesmo um número de clara inspiração romântica, de recuperação das antigas técnicas de galanteio, cuja particularidade se prende com o facto de apesar de nos dias de hoje, estarem já totalmente ultrapassadas, conseguirem ainda manter os seus efeitos de romantismo.(…)” http://www.nicolinas.pt/macazinhas.htm

No mesmo dia há ainda as Danças de S. Nicolau…
A 7 de Dezembro há o Baile…
Depois em dia incógnito há as Roubalheiras…

Este também é giro rs… consiste em roubar objectos… e depois estes são deixados em pleno Jardim do Toural (centro da cidade)… quem sentir falta de algo tem que lá ir buscar… rs

E pronto… não poderia deixar de falar aqui nestas Festas… sendo das mais importantes da minha cidade… apesar de não serem por mim muito vividas!!

Têm aí os links que dão acesso ao site das Festas… onde têm informação mais completa…

Aguardem-me…

sexta-feira, 23 de novembro de 2007

Sentada aqui…


… penso em ti!
Penso em nós…
No que temos… no que vivemos…

Sinto-me serena…
Igual a mim mesma…

Sentada perdida em pensamentos,
que me fazem sorrir,
que me fazem sonhar…

E acordo do sonho,
e sinto-te ao meu lado…
Um sonho tornado realidade…

Aguardo-te…

terça-feira, 20 de novembro de 2007

Mulher apaixonada


Tinha suspirado,
tinha beijado o papel devotamente!


Era a primeira vez que
lhe escreviam aquelas sentimentalidades,
e o seu orgulho dilatava-se ao calor
amoroso que saía delas,
como um corpo ressequido que se estira num banho tépido;

sentia um acréscimo de estima por si mesma,
e parecia-lhe que entrava enfim numa
existência superiormente interessante,
onde cada hora tinha o seu encanto diferente,
cada passo conduzia a um êxtase,
e a alma se cobria de um luxo
radioso de sensações!

(retirado de "Primo Basílio"- Eça de Queiroz, 1878)

...

Assim me sinto…
Assim me revejo…
Assim estou… e adoro sentir-me…

É fantástico, como certos textos conseguem nos definir, diria mesmo que quase na perfeição…

Aguardem-me!

sexta-feira, 16 de novembro de 2007

Vida...


Depois de algum tempo…

Aprendes a diferença, a subtil diferença entre dar a mão e acorrentar uma alma… E…

Aprendes que amar não significa apoiar-se e que companhia nem sempre significa segurança. E começas a…

Aprender que beijos não são contratos e presentes não são promessas. Acabas por aceitar as derrotas com a cabeça erguida e olhos adiante, com a graça de um adulto e não com a tristeza de uma criança. E…

Aprendes a construir todas as tuas estradas de hoje, porque o terreno do amanhã é incerto demais para os planos, e o futuro tem o costume de cair em meio ao vão. Depois de algum tempo…

Aprendes que não importa o quanto tu te importas, simplesmente porque algumas pessoas não se importam... E aceitas que apesar da bondade que reside numa pessoa, ela poderá ferir-te de vez em quando e precisas perdoá-la por isso.

Aprendes que falar pode aliviar as dores emocionais. Descobres que se leva anos para se construir a confiança e apenas segundos para destruí-la, e que poderás fazer coisas das quais te arrependerás para o resto da vida.

Aprendes que verdadeiras amizades continuam a crescer mesmo a longa distância. E o que importa não é o que tens na vida, mas quem tens na vida. E que bons amigos são a família que nos permitiram escolher.

Aprendes que não temos que mudar de amigos se compreendemos que os amigos mudam, percebes que o teu melhor amigo e tu podem fazer qualquer coisa, ou nada, e terem bons momentos juntos. Descobres que as pessoas com quem tu mais te importas são tiradas da tua vida muito depressa, por isso devemos sempre despedir-nos das pessoas que amamos com palavras amorosas, pode ser a última vez que as vejamos.

Aprendes que as circunstâncias e os ambientes têm influência sobre nós, mas nós somos responsáveis por nós mesmos. Começas a…

Aprender que não te deves comparar com os outros, mas com o melhor que podes ser. Descobres que se leva muito tempo para se tornar a pessoa que se quer ser, e que o tempo é curto.

Aprendes que, ou controlas os teus actos ou eles te controlarão e que ser flexível nem sempre significa ser fraco ou não ter personalidade, pois não importa quão delicada e frágil seja uma situação, existem sempre dois lados.

Aprendes que heróis são pessoas que fizeram o que era necessário fazer entretanto as consequências.

Aprendes que paciência requer muita prática. Descobres que algumas vezes a pessoa que esperas que te empurre, quando cais, é uma das poucas que te ajuda a levantar.

Aprendes que maturidade tem mais a ver com os tipos de experiência que tiveste e o que aprendeste com elas do que quantos aniversários já comemoras-te.

Aprendes que há mais dos teus pais em ti do que suponhas.

Aprendes que nunca se deve dizer a uma criança que sonhos são disparates, poucas coisas são tão humilhantes e seria uma tragédia se ela acreditasse nisso.

Aprendes que quando estás com raiva tens o direito de estar com raiva, mas isso não te dá o direito de ser cruel. Descobres que só porque alguém não te ama com tudo o que pode, pois existem pessoas que nos amam, mas simplesmente não sabem como demonstrar ou viver isso.

Aprendes que nem sempre é suficiente ser perdoado por alguém, algumas vezes tens que aprender a perdoar-te a ti mesmo.

Aprendes que com a mesma severidade com que julgas, poderás em algum momento ser condenado.

Aprendes que não importa em quantos pedaços o teu coração foi partido, o mundo não pára para que tu o consertes.

Aprendes que o tempo não é algo que se possa voltar para trás. Portanto, planta o teu jardim e decora a tua alma, ao invés de esperares que alguém te traga flores. E…

Aprendes que realmente podes suportar mais... Que és realmente forte, e que podes ir muito mais longe depois de pensar que não se pode mais. E que realmente a vida tem valor e que tu tens valor perante a vida! As nossas dúvidas são traidoras e fazem-nos perder o bem que poderíamos conquistar se não fosse o medo de tentar.



Este texto foi retirado do seguinte Hi5 http://evenzinh0.hi5.com

Mas senti necessidade de o transcrever para aqui, porque me identifiquei bastante com ele desde a primeira palavra… principalmente a primeira frase…

Porque um relacionamento é isso mesmo… o querer estar por estar… a vontade mútua da partilha… o dar a mão apenas… e jamais, jamais sentirmo-nos acorrentados a alguém… viver sempre todos os momentos de uma forma leve e espontânea… seja ele um relacionamento amoroso ou mesmo de amizade…

Eu aprendi, já me arrependi, já chorei, já ri, sorri e saltei… já magoei alguém, já alguém me magoou… uns dias sinto-me uma mulher madura, capaz de todas as minhas qualidades… outros dias sinto-me como a criança mais indefesa do mundo que só quer um pouco de mimo e atenção…

Enfim…

Vivam a vida como se de o último dia sempre se tratasse… e sejam felizes!

Aguardo-vos…

quarta-feira, 14 de novembro de 2007

André Sardet - Um minuto de prazer


Projecto-me para a areia
Pró azul do mar
Transbordo de saudade e de histórias para contar
Devoro a viagem com a pressa para chegar
Desfoco a tua imagem com nos olhos a chorar.

Ai se eu pudesse andar para trás
ai
Queria aquele amor fugas
Queria mais… um minuto de prazer
Hum

Convoco o teu corpo
Para o meu sonho virtual
Despertas no meu fogo um instinto animal
Será isto, utopia ou paixão a florescer
Converto o dia a dia num minuto de prazer

(...)

Há músicas que nos dizem muito... conforme o nosso estado de espirito... esta letra, hoje, diz-me muito... resta-me apenas pensar e meditar de que a vida é feita de momentos... e que amanhã será outro dia... em que as saudades serão amenizadas...

Aguardem-me...

sexta-feira, 9 de novembro de 2007

Progesterex


É mesmo importante que leiam isto e que passem aos vossos conhecidos!!!

Aviso importante da Reitoria da Universidade do Porto sobre droga medicamento.

Para quem costuma frequentar discotecas ou lugares semelhantes tenham muito cuidado e estejam alerta quando alguém lhes oferecer uma bebida.

Homens, passem isto às vossas amigas, namoradas, mulheres.

Pais, alertem os vossos filhos! Há uma nova droga que está na moda e que se chama «Progesterex», que é uma pastilha para esterilizar. Progesterex é utilizada por veterinários para esterilizar animais grandes.

Esta droga usa-se em conjunto com Rohypnol, uma droga que ao ser dissolvida em qualquer bebida, produz amnésia (a vítima não se recorda de nada do que se passou!!!). Progesterex, que também se dissolve facilmente, serve para evitar a gravidez.
Esta droga está a ser utilizada por violadores para abusar das suas vítimas. Desta forma, o violador não tem que se preocupar com testes de paternidade para ser identificado meses depois. Atenção! Os efeitos do Progesterex não são temporários. Qualquer mulher que tome isso, JAMAIS, entenda-se bem, JAMAIS PODERÁ TER FILHOS!!! Estas pessoas sem escrúpulos conseguem obter este produto muito facilmente em qualquer Faculdade de Veterinária. Também é utilizada para roubos, a homens ou mulheres, ou mesmo para tirar um órgão humano para tráfico de órgãos! O Progesterex está a ser divulgado em muitos lugares
havendo mesmo sites que ensinam a usá-lo.

POR FAVOR, FAÇAM UM FORWARD A TODOS OS VOSSOS AMIGOS, EM ESPECIAL ÀS MULHERES!
Não custa nada e pode evitar problemas...

Maria João Amaral
Reitoria da Universidade do Porto
Serviço de Apoio Reitoria
Rua D. Manuel II
4050 – 345, Porto, Portugal
Cumprimentos, e não ignorem simplesmente...

...

Recebido por e-mail... e porque a divulgação nunca é demais.. aqui fica!

Aguardem-me...

quarta-feira, 7 de novembro de 2007

Auto-estima…


Valorizar-me…
Ver o meu real valor…
Ser mais Eu…
O meu bem estar não tem preço…
E é tempo de me estimar…
… de me mimar!

Aguardem-me…

segunda-feira, 5 de novembro de 2007

Eva Cassidy-Songbird

For you there'll be no crying
For you the sun will be shining
'Cause I feel that when I'am with you
It's alright, I know it's alright

And the songbirds keep singing
Like they know the score
And I love you, I love you, I love you
Like never before

To you, I would give the world
To you, I'd never be cold
'Cause I feel that when I'am with you
It's alright, I know it's right

And the songbirds keep singing
Like they know the score
And I love you, I love you, I love you
Like never before

Like never before; like never before.

...

Há momentos que nos podem salvar o dia... e a partilha desta música hoje.. agora.. foi o que comigo aconteceu.. e me deu alento..

E eu resolvi partilhá-la aqui.. pode ser que dê alento a mais alguém...

...

Aguardem-me...

sexta-feira, 2 de novembro de 2007

Atchim…


Pois é.. estou doente lol (não tem piada nenhuma, mas pronto!!!)

Ontem tive o dia todo praticamente de cama…

Apesar de tudo, senti-me a pessoa mais querida do mundo… porque quando temos ao nosso lado alguém que nos ama e só nos quer bem, só assim nos podemos sentir…

Ontem tive mais uma prova disso…

Na quarta feira estava um dia solarengo… que convidava a um passeio, aproveitei na hora de almoço, e fui almoçar com a minha amiga Patrícia… e passeamos enquanto punhamos a conversa em dia e sol convidava…

Depois à noite.. vai-se beber um copo com os amigos, nunca se pode ir muito agasalhada porque aqueles Bares ficam cheios de gente e abafa-se lá dentro..

E pronto é a receita para se ficar com uma recaída de gripe e ficar-se de cama… depois tomei um Ilvico que a minha mãezinha me deu… foi tiro e queda, dormi o dia todo… e hoje consegui vir trabalhar…

Ainda com uns atchim’s à mistura… mas fora isso, sinto-me bem, apesar de ser sempre desagradável… não posso é abusar do sol… senão passo o fim de semana todo de cama lol

Aguardem-me.. mas com a devida distância que isto pega-se lol

quarta-feira, 31 de outubro de 2007

Aprendizagem constante...


Em Abril, Maya Angelou foi entrevistada pela Oprah no seu 70 aniversário.

Oprah perguntou-lhe o que pensava sobre o envelhecimento e, ela respondeu que era "excitante".

Relativamente às alterações corporais, disse que eram muitas e que ocorriam todos os dias...

Como os seus seios, parecia-lhe estarem numa corrida para descobrirem qual deles chegaria primeiro à cintura...

(A audiência riu tanto que até chorou.)

Ela é uma mulher tão simples, com tanta sabedoria nas palavras!

Maya Angelou disse:

"Aprendi que apesar do que quer que aconteça, e do quanto pareça mau, a vida continua e será melhor amanhã."

"Aprendi que se pode conhecer bastante bem uma pessoa a partir da forma como ele ou ela reage em três situações:

num dia de chuva, com bagagem perdida e na forma como desembaraça as luzes de Natal."

"Aprendi que independentemente da forma como te relacionas com os teus parentes, vais sentir a falta deles quando sairem da tua vida."

"Aprendi que "fazer pela vida" não é o mesmo que "fazer uma vida"."

"Aprendi que a vida às vezes dá-te uma segunda oportunidade."

"Aprendi que não deves viver a vida com uma luva de "apanhador" em cada mão, deves ter a possibilidade de poder atirar (devolver) alguma
coisa."

"Aprendi que sempre que decido alguma coisa de coração aberto, normalmente tomo a decisão acertada."

"Aprendi que, mesmo quando tenho dores, não tenho que ser uma dor."

" Aprendi que todos os dias devemos tentar tocar alguém, as pessoas adoram um abraço quente ou uma simples pancadinha nas costas"

" Aprendi que ainda tenho muito para aprender."

"Aprendi que as pessoas esquecerão o que disseste, esquecerão o que fizeste, mas nunca esquecerão o que lhes fizeste sentir."

...

Recebido por e-mail, porque a vida é feita de aprendizagens, não poderia deixar de passar aqui esta mensagem de vida!!

Aguardem-me...

Agora eu era linda outra vez


Agora eu era linda outra vez
e tu existias e merecíamos
noite inteira um tão grande
amor

agora tu eras como o tempo
despido dos dias, por fim
vulnerável e nu, e eu
era por ti adentro eternamente

lentamente
como só lentamente
se deve morrer de amor

(VALTER HUGO MÃE)

Aguardem-me...

sábado, 27 de outubro de 2007

Cumplicidade…


… é esse um dos sentimentos que me envolve quanto estou contigo, quando estamos frente a frente!

Adoro olhar-te, estar assim tempo infinito apenas a contemplar-te… sentir-te!

Sermos cúmplices… criar uma esfera à nossa volta onde jamais alguém poderá entrar… só nossa… só nós!

Onde apenas só eu e tu percebemos o sentido do que nos rodeia… e só nós o podemos compreender… porque é algo mágico… que nem qualquer alma consegue chegar a essa plenitude…

E quando surgem as palavras… completamo-nos, conseguimos terminar as frases um do outro… e sorrimos… e pensamos em sintonia… como é possível?

Mas é…

E como é maravilhoso sentir…
É deslumbrante desfrutar dessa companhia…
È esplêndido apreciar-te…
É magnifico viver o que estamos a viver…

Nota-se no olhar… e só me apetece gritá-lo bem alto o quanto é único este sentimento de cumplicidade…

Preciso de ti… precisas de mim… e ambos agimos para que este sentimento cresça dia após dia… com actos e gestos que só tu e eu conhecemos…

Aguardo-te sempre com essa expressão de felicidade!

quarta-feira, 24 de outubro de 2007

Mensagem Vida e Amor

Aguardem-me...

terça-feira, 23 de outubro de 2007

Segundo agradecimento…


Pois… já são algumas e merece um “txim txim…” lol

São 6000… fiz estas visitas entre ontem e hoje…

A todos vocês que por aqui passam o meu MUITO OBRIGADA.. sei inclusivamente que alguns de vocês passam mais que uma vez ao dia… um beijinho muito especial no vosso coração…

Aguardem-me…

segunda-feira, 22 de outubro de 2007

Donna Maria - Quase Perfeito

Sabe bem ter-te por perto
Sabe bem tudo tão certo
Sabe bem quando te espero
Sabe bem beber quem quero

Quase que não chegava
A tempo de me deliciar
Quase que não chegava
A horas de te abraçar
Quase que não recebia
A prenda prometida
Quase que não devia
Existir tal companhia

Não me lembras o céu
Nem nada que se pareça
Não me lembras a lua
Nem nada que se escureça
Se um dia me sinto nua
Tomara que a terra estremeça
Que a minha boca na tua
Eu confesso não sai da cabeça

Se um beijo é quase perfeito
Perdidos num rio sem leito
Que dirá se o tempo nos der
O tempo a que temos direito

Se um dia um anjo fizer
A seta bater-te no peito
Se um dia o diabo quiser
Faremos o crime perfeito

...

Se há músicas que nos dizem algo.. esta é sem dúvida uma delas... fantásticas as vozes, o dueto... a melodia... e letra... LINDA...

...

Aguardem-me...

Mais um…


Desafio!

Desta feita e para não variar é da Andrea, do Blog Pequeno Mundo de Letras !

Consta do seguinte… descrever cinco manias minhas que irritem alguém próximo da minha pessoa…

Eu cá vou alterar uma coisita ou outra lol… eu cá, sou uma paz de alma, lá irrito alguém lol

Mas tenho uma mania ou outra… mas tenho que numerar várias pessoas…

(a pensar lol)

1 – Irrito o meu namorado… quando começo a falar demais, assim sem parar… sem já ter conta no que digo… sou uma pessoa que divaga muito pelas conversas… quando ele começa a olhar para o ar, já sei que está na hora de me calar lol…

2 – Irrito o meu irmão… quando ele está no computador (que só por acaso é meu… logo não haveria motivos para ele se irritar… mas pronto!!!) e lhe digo, Rui… preciso de ir aí… lol

3 – Irrito a minha mãe… quando me chama mais de 3 vezes para ir para a mesa almoçar ou jantar, conforme lol… não é por mal, mas estou sempre a fazer algo de importante… ou não lol… (sorry, mumy!!!!)

4 – O meu pai irrita-se quando a minha mãe se irrita… logo está inerente lol

5 – A minha patroa irrita-se… quando faço alguma coisa mal! Pois errar e humano… e não a queiram ver irritada… acontece pouco, mas quando acontece “sai debaixo” lol

Agora é a minha vez de nomear:

- André
- Té
- Jasmim
- Helena
- Miguel

Aguardem-me…

sexta-feira, 19 de outubro de 2007

Poema de uma criança - Para pensar e divulgar


Este anúncio foi *premiado internacionalmente*, *mas não passou na nossa
televisão, em Portugal*. Porque **será?
Será porque o pai vem sempre?

Anúncio português, premiado internacionalmente mas que não passou na nossa
televisão.

SOS CRIANÇA 800 20 26 51
SOS CRIANÇA DESAPARECIDA 1410

O meu nome é "Sara"
Tenho 3 anos
Os meus olhos estão inchados,
Não consigo ver.
Eu devo ser estúpida,
Eu devo ser má,
O que mais poderia pôr o meu pai em tal estado?
Eu gostaria de ser melhor,
Gostaria de ser menos feia.
Então, talvez a minha mãe me viesse sempre dar miminhos.
Eu não posso falar,
Eu não posso fazer asneiras,
Senão fico trancada todo o dia.
Quando eu acordo estou sozinha,
A casa está escura,
Os meus pais não estão em casa.
Quando a minha mãe chega,
Eu tento ser amável,
Senão eu talvez levaria
Uma chicotada à noite.
Não faças barulho!
Acabo de ouvir um carro,
O meu pai chega do bar do Carlos.
Ouço-o dizer palavrões.
Ele chama-me.
Eu aperto-me contra o muro.
Tento-me esconder dos seus olhos demoníacos.
Tenho tanto medo agora,
Começo a chorar.
Ele encontra-me a chorar,
Ele atira-me com palavras más,
Ele diz que a culpa é minha, que ele sofra no trabalho.
Ele esbofeteia-me e bate-me,
E berra comigo ainda mais,
Eu liberto-me finalmente e corro até à porta.
Ele já a trancou.
Eu enrolo-me toda em bola,
Ele agarra em mim e lança-me contra o muro.
Eu caio no chão com os meus ossos quase partidos,
E o meu dia continua com horríveis
palavras...
"Eu lamento muito!", eu grito
Mas já é tarde de mais
O seu rosto tornou-se num ódio inimaginável.
O mal e as feridas mais e mais,
"Meu Deus por favor, tenha piedade!
Faz com que isto acabe por favor!"
E finalmente ele pára, e vai para a porta,
Enquanto eu fico deitada,
Imóvel no chão.
O meu nome é "Sara"
Tenho 3 anos,
Esta noite o meu pai *matou-me*.

Existem milhões de crianças que assim como a "Sara" são mortos. E tu podes
ajudá-los.
Fico desiludido até ao mais profundo de mim se tu leres isto e não o fizeres
passar, eu rezo por ti, porque tu deves ser uma pessoa sem coração por não
seres afectada(o) por este e-mail.
E se porque tu ficaste sensibilizada(o), faz qualquer coisa!!
Tudo o que eu te peço, é de enviar isto e de reconheceres que estas coisas
acontecem, e que pessoas como o pai da "Sara" vivem na nossa sociedade.
Faz passar este poema porque mesmo se isto parece doido pode talvez mudar
indirectamente as nossas vidas.
Hey, nunca se sabe.

Por favor faz passar isto se fores contra o abuso das crianças

email enviado por Carlos Gomes :-)

...

Não posso de todo ficar indiferente.. e se há coisas que me tocam, uma delas é sem dúvida as crianças e o seu bem estar...

Só para terem ideia, eu tenho um cahorrinho que deve ser mais bem tratado que certas crianças... resta-nos a revolta!!! Mas infelizmente vivemos numa sociedade que a burocracia se sobrepõe a tudo...

Meu querido amigo, fiz mais, estou a publicá-lo aqui... e espero que realmente toque os vossos corações... e que passem a mensagem...

...

Aguardem-me...

quarta-feira, 17 de outubro de 2007

Vontade de escrever…


Sem saber muito bem por onde começar… hoje escrevo o que me apetece… o que me vier à cabeça…

(a pensar…)

Nada me ocorre… então porquê esta vontade que me está a corroer por dentro…

Depois sinto que ando com falta de tempo para este meu cantinho… ou pelo menos com menos tempo, do que aquele que já dediquei… e desculpem-me se de algum modo vos estou a decepcionar, meus leitores!

Mas o meu tempo está a ser bem aproveitado… com muito trabalho, estudo e outras coisas que tal, que vocês se vão apercebendo por aqui :-)

Alterei por aqui umas coisas… espero que tenham gostado, o som volta e meia é alterado, conforme o que vou sentido, tudo um pouco na mesma onda…

(pausa…)

Parecem brancas… que nada me ocorre, que estranho… não sou de escrever, por escrever… mas sinto, que estupidamente, é o que estou a fazer…

E antes que saia disparate ou coisa que o valha, fico-me por aqui e na esperança de que dias melhores venham até mim… porque a vontade de escrever é muita, acreditem… mas há momentos e momentos, dias e dias, coisas e coisas… eu ando numa fase em que ando a valorizar outros momentos… e como nunca quis fazer daqui do meu cantinho como um diário dos meus sentimentos, também vos confesso que ando mais retraída quanto a isso… acho que falo de mim e do que sinto, sempre com a moderação necessária e transparência ao ponto de vocês perceberem que ando bem comigo mesma…

Aguardem-me…

terça-feira, 16 de outubro de 2007

Sade - Cherish The Day (Video)

Uma voz sensual.. uma música fabulosa...

...

Aguardem-me...

sábado, 13 de outubro de 2007

Amor


Aqueles olhos aproximam-se e passam.
Perplexos, cheios de funda luz,
doces e acerados, dominam-me.
Quem os diria tão ousados?
Tão humildes e tão imperiosos,
tão obstinados!

Como estão próximos os nossos ombros!
Defrontam-se e furtam-se,
negam toda a sua coragem.
De vez em quando,
esta minha mão,
que é uma espada e não defende nada,
move-se na órbita daqueles olhos,
fere-lhes a rota curta,
Poderosa e plácida.

Amor, tão chão de Amor,
Que sensível és...
Sensível e violento, apaixonado.
Tão carregado de desejos!
Acalmas e redobras
e de ti renasces a toda a hora.
Cordeiro que se encabrita e enfurece
e logo recai na branda impotência.

Canseira eterna!
Ou desespero, ou medo.
Fuga doida à posse, à dádiva.
Tanto bater de asas frementes,
tanto grito e pena perdida...
E as tréguas, amor cobarde?
Cada vez mais longe,
mais longe e apetecidas.
Ó amor, amor,
que faremos nós de ti e tu de nós?

(Irene Lisboa)

...

Aguardem-me...

quarta-feira, 10 de outubro de 2007

Falta de ti…


… hoje sinto!

Custa-me não te ter…
Não te ver…
Não te sentir…
Não te tocar…

Amenizamos a dor com palavras… com o sentimento à flor da pele… como é bom ouvir-te…

Imaginar-te ao meu lado…
Afigurar os teus gestos…
Conceber a tua imagem…
Devanear com as palavras trocadas…

Vem ter comigo… anda só me dar um abraço… dar-me um beijo interminável…

Um mimo sereno…
Um olhar perdido em mim…
Um toque ameno, que me tranquiliza…

Fica-te por aqui… não me deixes… aliás, nunca me deixas… estás sempre comigo e no meu pensamento…

Na minha presença…
Na minha pessoa…
Em mim… toda…

Mas, chega o momento da separação… tem que ser, pensamos para nós… no seu momento certo, irá ser ultrapassado…

Momento cruel…
Momento inesperado…
Momento dispensável…
Que irá desaparecer com o tempo…

Só para te dizer... que não apenas hoje.. mas sinto sempre falta de ti…



Aguardem-me…

segunda-feira, 8 de outubro de 2007

Uma música... um momento...

Hands On Approach
If You Give Up

If you don't wanna wait
You left me inside out
It's too hard for me
There's no easy way out

You don't know and don't ask how
That i'm gonna make it work again
You don't know and don't ask why
That i'm gonna make it once again

Refrao
If you give up now, whos gonna loose
Which one of us, is given up now of being free
And if you give up now, whos gonna loose
Which one of us, is given up now of being free

Distance from between us
That we can't shake out
It's cristal clear
But it ain't gonna last

You don't know and don't ask why
That i'm trying to make it work
I'm trying to make it work

Refrao

Just look around and see
Who you really need
Who you really want

Refrao

Just look around and see
If you give up you won't be free
You won't be free yeah yeah

Never look back (x 8)

...

Porque há músicas que nos marcam.. porque há momentos inesqueciveis e esta faz-me lembrar um deles... aqui fica..

Um sorriso para todos voces...

...

Aguardem-me...

sábado, 6 de outubro de 2007

Aniversário...

Olá a todos… antes demais quero agradecer a todos que por aqui passaram e deixaram as suas palavras no Post abaixo…

Do fundo do coração muito obrigado a todos vocês que exprimiram aqui o vosso carinho para com a minha pessoa… vocês todos enchem-me de orgulho… àqueles que aqui não se exprimiram, mas que sei que passam aqui… e me deram os parabéns pelo msn, por telemóvel… fica o meu grande agradecimento para vocês todos meus queridos amigos… sem vocês a vida não faz sentido… que estejamos aqui todos por um ano para festejar mais uma vez…

Agora e porque vocês todos de facto merecem… vou partilhar aqui com vocês momentos do meu Aniversário…



Only me... mais velha um ano lol ;-)



O bolo, da festa de casa... :)



Um momento cómico.. "ai a minha bida" rs ;-))



Um dos presentes, uma caneca com M&M's rsrs.. nham nham lol ;-))



As meninas da festa :-)



Meus colegas e amigos da Universidade, João, Sr Tenente rs e a Ticha... :)



Je t'aime... ;-)

Aguardo-vos...

quinta-feira, 4 de outubro de 2007

Mais um ano…


… de vida passado!

E como passam rápido… os meses, os dias, as horas, os minutos… passam a correr, sem darmos o tempo passar… muito devido à vida desenfreada que levamos… em que o tempo escasseia para tudo…

É tempo de fazer balanços… confesso que não sou muito disso, sou mais de momentos e de os viver intensamente e aproveitar o que a vida tem de bom para me dar… por vezes não corre como esperamos, mas a vida é assim mesmo…

Mas como me apetece escrever… e como faço anos amanhã e posso não ter muito tempo para me dedicar a escrever aqui algo… escrevo agora que sinto aquele “formigueirozinho” na ponta dos dedos…

E olhando para trás… até 05/10/2006… e correndo as páginas do livro da minha vida até hoje… noto que “escrevi” mais neste ano todo, do que em 4 anos para trás… chega a ser impressionante…

Ora bem, dei uma reviravolta na minha vida… por minha culpa, eu é que optei assim… e foi a melhor coisa que fiz até hoje… optei porque tinha mesmo que ser, um deles era estar de bem comigo mesma e os outros só a mim pertencem…

De nada estou arrependida… muito pelo contrário, só cresci como pessoa, como mulher, neste último ano… de todas as minhas vivências tiro algo positivo…

Não foram só coisas boas… nada disso, mas mesmo das menos boas, há que retirar lições de vida, para que pelo menos não se voltem a repetir… ou que a dor seja mais amena, caso se volte a cair no mesmo erro… porque afinal de contas, sou humana…

Um ano de luta, de trabalho… de desilusões, tanto para comigo, como da minha parte para com outros, pois, porque não sou perfeita… nem o anseio ser… de perdas, tristezas… mas de muitas alegrias também e de realizações a nível pessoal…

Mas… porque de facto, no fundo, eu devo ser mesmo boa menina… este ano terminou da melhor maneira possível… sou finalista da Universidade, contra todas as adversidades lá consegui, questiono-me muitas vezes como consegui ter forças, depois de um dia de trabalho intenso, para pegar em livros… chego a admirar-me a mim mesma…

Conheci uma pessoa maravilhosa com quem quero partilhar uma vida…

Mas infelizmente a vida também prega partidas… e ainda tenho o meu sentimento de perda muito à flor da pele…

E assim se passa e “escreve” mais um ano de vida… e faço 26 anos… e sinto que ainda tenho tanto para viver… tanto para aprender e conhecer… e anseio viver tudo isso com todas as forças que eu possuo…

Aguardem-me… mais velha um ano!! ;-)

terça-feira, 2 de outubro de 2007

Os versos que te fiz


Deixa dizer-te os lindos versos raros
Que a minha boca tem pra te dizer!
São talhados em mármore de Paros
Cinzelados por mim pra te oferecer.

Têm dolência de veludos caros,
São como sedas pálidas a arder...
Deixa dizer-te os lindos versos raros
Que foram feitos pra te endoidecer!

Mas, meu Amor, eu não tos digo ainda...
Que a boca da mulher é sempre linda
Se dentro guarda um verso que não diz!

Amo-te tanto! E nunca te beijei...
E nesse beijo, Amor, que eu te não dei
Guardo os versos mais lindos que te fiz!

(Florbela Espanca)

...

Eu espero ter tempo de dar... tudo o que sinto que tenho para dar... apesar de achar que todo o tempo do mundo será pouco, para tudo que tenho para te dizer...

Aguardo-te sempre...

segunda-feira, 1 de outubro de 2007

Wonderful Tonight, Ivan Lins e Michael Buble...

Simplesmente fabulosa...

Sintam...

Aguardem-me...

sexta-feira, 28 de setembro de 2007

Sting - Englishman in New York

Porque me apetece..
Porque é um Senhor da música..
Aqui vos deixo esta sonoridade... com votos de um excelente fim de semana...

Aguardem-me...

quinta-feira, 27 de setembro de 2007

Toque de pele…


… esse o teu que me envolve…

Que pele é essa… que toque é esse… que magia é esta que me leva ao céu…

Toque suave… dessa pele tão bem contornada, nesse corpo perfeito… onde mergulho com as minhas emoções à flor da pele… porque és assim tão perfeito, tão completo e me completas a mim… como já alguma vez alguém o fez..

Momentos plenos, estes os nossos… um dar de mãos… um arrepio na pele… encantas-me, fascinas-me com a tua maneira de ser tão singela, tão única…



Enquanto me tocas, enquanto te toco… trocamos palavras, umas com sentido… outras sem sentido algum… e rimo-nos, sorrimos… cruzamos olhares e as palavras passam para segundo plano…

Toco-te suavemente e não me canso… nunca me senti tão perto do céu, como agora… e deixo-me extasiar por este sentimento que me arrebata e que me faz sentir o que nunca senti…

E deixo-me ir… e vou até ao infinito… e de lá não tenho vontade de sair… e só o farei se de lá me expulsares, mas sinto que essa não é a tua vontade…



Eleva-me até onde nunca fui… e consegues e sabes disso… e é isso que faz de ti tão especial… compreendes-me, a mim, que sou uma eterna incompreendida… ou sempre achei que fosse… até te encontrar…

Aguardo-o… ao toque…

quarta-feira, 26 de setembro de 2007

Fofura...



Apenas porque amei a imagem...

e senti necessidade de a partilhar com vocês... digam lá que não é qualquer coisa de fofo?

Aguardem-me...

Serão numa noite de Setembro…



Sorrio-te…

Sorris de volta para mim com todo o teu esplendor… como é lindo esse sorriso, como é sincero… como te quero bem…

Dizes-me tanto com esse sorriso… e sem uma palavra me dirigires… só de sentir o teu sorriso sei tudo o que sentes e o que queres transmitir…

Afagas-me o cabelo… olhamos o horizonte em conjunto… corre uma brisa fresca… que tranquilidade insanável que está… mas sinto-a como só nossa e que mais ninguém a consegue alcançar… e neste momento sou mesmo egoísta ao ponto de não a querer partilhar com mais ninguém a não ser apenas contigo… e acredito que nunca serei responsabilizada por tal… porque é um querer tão único e tão nosso… que merecemos esta paz…



Completas-me… chegamos à conclusão de que nada procurávamos e que tudo encontramos… eu em ti e tu em mim… e a cumplicidade vem ao de cima, a empatia… sem querer achamo-nos…

Pegas-me na mão… sinto-te, fecho os olhos e só me imagino, numa realidade só minha, que serei tua para sempre… e nesse mesmo instante dizes-me: sou teu!

Que se repitam e se renovem sempre estes momentos… sem pressas, sem obrigações… apenas aquele querer que sempre nos caracteriza e que ambos ambicionamos e ao sermos assim, entregamo-nos um ao outro inconscientemente e sempre com vontade de mais…



Aguardo-te… mais que ontem, menos que amanhã…

sábado, 22 de setembro de 2007

Wise Up - Aimee Mann

Aguardo-vos...

De volta...


… não ainda com a dor sanada, mas senti necessidade de voltar!

Gosto muito deste meu cantinho e vocês, que estão ai desse lado a ler-me e que passam aqui todos os dias “com sede” de me lerem, mereciam o meu regresso… por isso,

metade de mim… volta por mim, a outra

metade volta por vocês…

Agora apetece-me falar um pouco do momento que passei…

É “cliché”, bem sei, mas como se diz e a muito bem dizer… o ser humano nunca está a 100%... nunca senti esta máxima, tanto como a senti esta semana… porque confesso-vos, senti que estive no meu auge… mas na mesma noite tudo se desmoronou… nem gosto de me lembrar…

Imaginem um dia, em que sabem que são finalistas da Faculdade, que vão para o último ano… enfim um culminar de emoções, de um ano de luta, por vezes contra a maré, em que tem que se ir buscar forças onde elas não existem… isto tudo juntando, à relação maravilhosa que tenho… que me tem dado um equilíbrio emocional, que não sentia há muito tempo… assim como vocês sentem por aqui, que ando muito feliz…

Nesse mesmo dia à noite… eu fiz o jantar, para ele… eu cozinhei!!!! Eu lol… pois vocês não estão a entender… mas passo a explicar, eu nunca cozinhei lol… pois é lol…

Já aqui aplica-se a máxima… “O Amor faz milagres” lol

Enfim, diga-se de passagem que o serão foi maravilhosamente delicioso… e mais não digo lol

Chego a casa, feliz da vida… tipo no topo mesmo… depois de um dia destes… eu estava no céu, sentia-me única e que nada poderia abalar esta felicidade…

Pois, mas enganei-me redondamente… em segundos o meu mundo desabou… tudo deixou de ter sentido… ver o meu Pai chorar a fraquejar, fiquei sem saber o que fazer… quando me dizem: “A tua tia morreu!”… gelei, fiquei sem palavras… chorei, chorei…

A minha tia… era o suporte deles todos… eles ainda têm mãe (a minha avó)… mas nunca tiveram da minha avó o carinho que tiveram da minha tia, era a mais velha de 11 irmãos, alguns ainda foi ela que os criou… era a que fazia um esforço para os manter unidos… e foi-se, a doença levou-a em 3 meses... tudo muito rápido e repentino… mas antes assim do que ela estar a sofrer, por mais que custe, agora acredito que ela está em paz…



Deixo aqui um agradecimento a todos que aqui passaram e demonstraram o seu carinho para com a minha pessoa… a todos deixo-vos o meu sorriso…

Aguardem-me…

quinta-feira, 20 de setembro de 2007

Sentimento de perda...


... não o desejo a ninguém!


Mas é a lei da vida... :(


Adeus minha querida tia... até um dia...


Aguardo-te sempre...


...


Ausente do Blog, por uns dias

(por motivos pessoais)

segunda-feira, 17 de setembro de 2007

Virgula, que amou…


Li ontem na revista do J. N. um artigo de opinião do jornalista Joel Neto, em que falava de um Pintor que faleceu de nome Pinho Dinis e que um dos últimos desejos dele seria que de futuro quando falassem do nome dele por algum motivo, colocassem “Virgula, que amou Coimbra”… por exemplo: “Pinho Dinis, que amou Coimbra”…

Deixou-me a pensar… eu nesta fase da minha vida ainda não poderia definir nada de tão grandioso para colocar em frente do meu nome e muito sinceramente nem sei se conseguiria especificar algo… mas, verdade seja dita, tal definição vai da grande vivência que o pintor teve… vivências essas, que eu ainda não tenho e talvez por isso não me atreva a definir-me assim… mas posso numerar uns quantos…

Amo os meus Pais… os meus queridos Pais, que só me querem bem e eu o bem deles…
Amo o meu irmão… sangue do meu sangue, é ele… é um amor de facto superior, se algo de errado se passa com ele sinto o meu coração apertado e agoniado… quero sempre o melhor para ele e aconselho-o sempre da melhor maneira possível e com o passar dos anos a nossa relação tem vindo a crescer e ele tem-se tornado num miúdo cinco estrelas…
Amo a minha cidade, o berço de Portugal… adoro este recanto do nosso Portugal, para mim não há cidade melhor para se estar, para se sentir… vivo e trabalho no centro desta cidade e não me canso dela, sinto-me uma privilegiada por passar por estas ruas com tanta história todos os dias, vivo e respiro esta cidade como ninguém…

Et

Je t’aime…

Por isso da minha parte seria muito egoísmo ter de escolher algo… chego mesmo a afirmar que impossível… óbvio que são amores diferentes… mas são todas formas de amar… mas, também ainda tenho tanto para viver, para sentir… mas neste momento e porque a vida é feita de momentos, o que amo acima de tudo foi o que numerei e elevei agora e aqui…

Aguardem-me…

Sinto...


“…Eu desistiria da eternidade para tocar em ti.
Pois sei que de alguma forma tu me percebes…
Tu és o mais perto do céu que eu posso chegar
Eu não quero voltar para casa agora…
O único gosto que sinto é o deste momento
E tudo o que tenho para respirar
É o teu amor…
Porque cedo ou tarde
Isto pode acabar
Hoje a noite
Não te deixarei ir…
Eu preferia…
Sentir o cheiro dos teus cabelos,
Dar um beijo na tua boca…
Tocar uma vez na tua mão…
A passar a eternidade sem isso…”


*extraído do filme 'Cidade dos Anjos'*



Posso dizer que é um dos filmes da minha vida… de uma sensibilidade extrema… e como sinto hoje estas palavras na sua plenitude… vivo com um sorriso cada dia que passa… e quero deixar-vos a vocês ai desse lado com o mesmo sorriso… :)

Aguardo-vos…

sábado, 15 de setembro de 2007

James Morrison - Wonderful world

Deixo-vos esta música… esta sonoridade… para vos desejar um bom fim de semana…

Aguardem-me…

sexta-feira, 14 de setembro de 2007

Pensamentos... III


"Pros erros há perdão; pros fracassos, chance; pros amores impossíveis, tempo. De nada adianta cercar um coração vazio ou economizar alma. O romance cujo fim é instantâneo ou indolor não é romance. Não deixe que a saudade sufoque, que a rotina acomode, que o medo impeça de tentar. Desconfie do destino e acredite em você. Gaste mais horas realizando que sonhando, fazendo que planejando, vivendo que esperando, porque embora quem quase morre esteja vivo, quem quase vive já morreu."


(Luis Fernando Veríssimo)


Aguardem-me...

quinta-feira, 13 de setembro de 2007

Problema de Expressão (Clã)

Expressem-se sempre da melhor maneira... seja por gestos, seja por palavras... desde que o sintam e valha apena partilhar... assim como o que acabei de fazer...

Aguardem-me...

Poemas... V


"Sê"


Se não puderes ser um pinheiro, no topo de uma colina,

Sê um arbusto no vale mas sê

O melhor arbusto à margem do regato.

Sê um ramo, se não puderes ser uma árvore.

Se não puderes ser uma ramo, sê um pouco de relva

E dá alegria a algum caminho.


Se não puderes ser uma estrada,

Sê apenas uma senda,

Se não puderes ser o Sol, sê uma estrela.

Não é pelo tamanho que terás êxito ou fracasso...

Mas sê o melhor no que quer que sejas.


(Pablo Neruda)


Aguardem-me...

quarta-feira, 12 de setembro de 2007

Eu, tu...


… nós e o nosso Jardim!

Somos um… quando estamos, quando não estamos… sinto-te sempre presente, em mim, no meu pensamento…

Sinto-o, sempre e constantemente, que és a essência que me preenche, que me revitaliza…

Disseste-me no outro dia: “Estamos a obrar um Jardim… em que temos de o cuidar, plantar com as melhores sementes… e só depende de nós, não deixar invadir as ervas daninhas que o podem destruir… a essas só nos resta ceifar pela raiz… com a consciência de que estamos cientes de que sabemos muito bem o queremos… e o que queremos é o Jardim mais verdejante do mundo!”

Como foste sábio ao dizer-me tal palavras… e a verdade é que as ervas daninhas vão aparecendo… mas sem forças para contagiar o nosso belo Jardim.

O nosso Jardim… comparo-o a um Éden, um pequeno paraíso, só nosso e que ninguém será capaz de alcançar para o arruinar…

Espero que os vossos Jardins sejam assim repletos de sentimentos luminosos e de aromas e cores que vos preencha a alma…

Aguardem-me…